cinema pensante

Como um bom filme pode mudar a nossa vida

Sílvia Marques

Paulistana, escritora, idealista em crise, bacharel em Cinema, cinéfila, professora universitária com alma de aluna, doutora em Comunicação e Semiótica, autodidata na vida, filósofa de botequim, com a alma tatuada de experiências trágicas, amante das artes , da boa mesa, dos vinhos, de papos loucos e ideias inusitadas. Serei uma atleta no dia em que levantamento de xícara de café se tornar modalidade esportiva. Sim, eu acredito realmente que um filme possa mudar a sua vida! Autora do blog Garota desbocada. Lancei recentemente em versão e-book pela Cia do ebook o romance O corpo nu.

Amor não expresso é como feriado em domingo: não serve para nada!

Muitas vezes o parceiro pergunta o que foi que ele fez de errado. Em muitos casos a resposta é a seguinte: "O problema está no que você não fez , no que você não disse, no que você não expressou".


casal-cama.jpg

Amor não expresso é como feriado no domingo: não serve para nada. Não adianta alguém nos amar se não é capaz de expressar o que sente por nós. E quando uso o termo amor , me refiro a todo tipo de amor: amor romântico, entre familiares , entre amigos.

Tem gente que adora os pais , mas nunca diz que os ama. Nunca dá um abraço apertado. Nunca estala um beijo no rosto. Nunca faz nada que deixe os pais felizes. O inverso também ocorre. Tem pais que se sacrificam pelo bem dos filhos , mas são poucos afetuosos. Existem amigos que passam meses ou até anos sem mandar uma notícia, sem mandar uma mensagem, sem convidar para um café. Existem casais que até se amam, mas que na correria do dia a dia , se esquecem de fazer pequenos gestos que alimentam a relação.

Da mesma forma que é muito chato passar meses sem ouvir um "eu te amo" , é ruim também ter como demonstração de amor apenas palavras. Cada pessoa valoriza algumas atitudes na vida. E se a gente ama alguém, deve adotar estas atitudes a fim de fazer a manutenção do amor e consequentemente da relação.

Alguns casais passam meses ou anos juntos como zumbis, pois as pessoas deixaram de se expressar. Em alguns casos porque o amor acabou mesmo. Em outros , por comodismo.

Relacionamento amoroso tem que ser cultivado sempre. Não é algo que a gente compra na loja , coloca na estante e esquece. A conquista precisa ser diária. Pequenas negligências que vão se acumulando acabam por criar um abismo entre duas pessoas que um dia se amaram e fizeram muito bem uma para a outra.

Muitas vezes o parceiro pergunta o que foi que ele fez de errado. Em muitos casos a resposta é a seguinte: "O problema está no que você não fez , no que você não disse, no que você não expressou".

Se palavras rudes , comportamentos levianos , piadas fora de hora , excesso de críticas minam o amor , o inverso também pode ocorrer. Ás vezes a pessoa não critica , mas também não elogia. Ás vezes a pessoa não é rude , mas também não é carinhosa. Está sempre fria , distante , num mundo à parte. Às vezes alguém é ultra fiel, mas ao mesmo tempo, não faz tanta questão da companhia da pessoa amada e fica parecendo que a fidelidade é mais por preguiça de esconder a traição do que por amor e respeito ao parceiro.

Não adianta dizer que tem saudades. Quem tem saudades, busca a companhia do outro mesmo que seja por meio dos canais virtuais. Não adianta dizer que considera a relação importante. Tem que demonstrar que considera a relação importante , colocando-a como uma das prioridades e não como algo restrito à datas específicas. Não adianta dizer que admira se só critica.

Sim, amor não expresso é como feriado no domingo. Tem aquele gostinho amargo daquilo que poderia ter sido e não foi.


Sílvia Marques

Paulistana, escritora, idealista em crise, bacharel em Cinema, cinéfila, professora universitária com alma de aluna, doutora em Comunicação e Semiótica, autodidata na vida, filósofa de botequim, com a alma tatuada de experiências trágicas, amante das artes , da boa mesa, dos vinhos, de papos loucos e ideias inusitadas. Serei uma atleta no dia em que levantamento de xícara de café se tornar modalidade esportiva. Sim, eu acredito realmente que um filme possa mudar a sua vida! Autora do blog Garota desbocada. Lancei recentemente em versão e-book pela Cia do ebook o romance O corpo nu..
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Sílvia Marques
Site Meter