código aberto

Um modo de pensar diferente, uma filosofia...um sonho!

Ana Josefina Tellechea

O acaso me trouxe escolhas e meu coração me fez chegar até aqui, porque a razão ainda estou aprendendo a usar. Mulher, Cantora, Professora, escritora e um tanto de coisas mais que vou descobrindo ser.

Por que as mães têm que ser perfeitas?

Sua mãe é perfeita? Se sim, leia este artigo, se não, você é uma pessoa de sorte...Mas leia assim mesmo!


people-217250_1280.jpg

Uma certa vez, uma professora na minha graduação (não faz tanto tempo assim), levantou um questionamento que me deixou um tanto pensativa: "por que as mães tem que ser perfeitas?".

Desde então venho me perguntando: em que momento da história da humanidade se "santificou" a figura da mãe? Parem e observem; nem todos os animais sabem ser mães. Os animais mais dóceis, como no caso de cães e gatos, nem sempre conseguem ser boas mães. Por que cargas d'água uma criatura humana (um animal também, diga-se de passagem) teria que ser perfeita?

O papel de mãe é definido na sociedade contemporânea a partir do momento em que uma mulher torna-se gestante. A natureza por si só se encarrega de encher de amor o coração dessa criatura que agora é chamada de mãe, que vai sonhar com uma linda vida para seu baby, mas que também tem muitos medos e não sabe ao certo como vai enfrentar as noites sem dormir, o corpo totalmente transformado, os hormônios descompensados, os choros, as quedas, os resfriados etc. Além de todos esses aspectos, a mãe tem que enfrentar um sujeito que não perdoa: o tempo. O tempo lhe diz que à medida que seu filho cresce, ela está envelhecendo e não conseguiu dar conta de todos os seus sonhos, sim, não estou sendo pessimista, as frustrações são parte das nossas vidas e não adianta negar, temos de enfrentá-las!

Esqueçamos por alguns instantes a religião e pensemos em Maria, mãe de Jesus, como um ser humano. Mãe exemplar, dedicada, sempre presente e sábia. Caráter e índole impecáveis, sempre pronta para servir ao seu filho. Creio que qualquer mãe se identifica com este papel, pelo menos diante dos seus filhos é o que ela tenta ser. Mas e quando isto não acontece?

As mulheres-mães acabam por frustrar as expectativas, principalmente de seus filhos, quando tentam manter-se nesse padrão comportamental. A TV com suas novelas e comerciais; fazem com que os filhos idealizem uma mãe sempre disposta, bonita, com voz suave, que não use drogas, que não tenha medos, pois os nossos são suficientemente pesados para que elas tenham que carregar e nos proteger.

Pobres daqueles e daquelas que tem mães perfeitas, pois nem ao menos tiveram a oportunidade de conhecê-las. Não precisamos de mães perfeitas e sim de mulheres que, com seus erros e acertos, nos ajudem a trilhar caminhos e a entender que as adversidades virão, mas que uma mãe (não uma santa perfeita), estará ao seu lado.


Ana Josefina Tellechea

O acaso me trouxe escolhas e meu coração me fez chegar até aqui, porque a razão ainda estou aprendendo a usar. Mulher, Cantora, Professora, escritora e um tanto de coisas mais que vou descobrindo ser..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/sociedade// @destaque, @obvious //Ana Josefina Tellechea