Janice Amaral

Sou uma eterna aprendiz da vida;Eterna estudante de filosofia em busca de autoconhecimento. Escrever sempre é um desabafo, uma forma de compartilhar e trocar ideias.

  • Eros-e-Psique2.jpg
    Máscaras...

    O Conto Eros e Psiquê nos leva a refletir as inúmeras máscaras que somos obrigados a utilizar no dia-a-dia a fim de atingir as expectativas da sociedade

  • protesto-apartheid.png
    Mandela: Longo Caminho para a Liberdade

    Um filme sobre luta, perdão e amor. Mandela, um homem que se tornou mártir de um país onde a supremacia "branca" o dividiu por cor.

    “Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar.” ― Nelson Mandela, Long Walk to Freedom, 1995.

  • etica e corrupção.png
    Imperativo categórico de Kant

    Immanuel Kant (1724-1804), Filósofo Prussiano nascido em Könisberg, ilumina a Humanidade com o livro Crítica da Razão Prática no ano de 1788, onde afirma que todo princípio moral deve ser regido por nossa razão autônoma. Toda ação deve ser guiada pelo dever moral e não por coações externas.
    "A autonomia - diz o filósofo - é o princípio da dignidade da natureza humana e de toda a natureza raciocinante."

  • a arte de ouvir.png
    Solidão acompanhada...

    Solidão acompanhada é aquela que você pode ter várias pessoas ao seu redor,mas mesmo assim,se sentir totalmente sozinho no Mundo. Queremos ser alegres e otimista o tempo todo e escondemos nossos reais sentimentos.

  • depositphotos_40837239-Whats-Your-Story-Concept.jpg
    A experiência e o saber da experiência segundo Jorge Larrosa

    Para Larrosa experiência tem a ver com paixão, tem a ver com o que nos passa. É diferente de conhecimento. Na era da informação temos muito conhecimento e pouca experiência, porque não paramos para pensar; É necessário suspender o juízo, parar para olhar, parar para escutar, sentir, padecer.

  • jean-paul-sartre.jpg
    A Náusea

    A Náusea é um romance instigante de Jean-Paul Sartre. De forma inquieta e inovadora, a personagem principal descobre a perplexa ausência de sentido na vida. Sarcástico e ávido, Sartre nos convida a prestarmos atenção em nossas vidas, nos detalhes e no sentido de nossa existência. E, até mesmo, um pedra na calçada passa a ser um presença brusca, passível de reflexão e náusea.

Site Meter