Poliane Teixeira

Louca apaixonada pela vida, pelas pessoas e principalmente pelos animais. Ariana nata, derretida pior do que manteiga. Riso fácil e gargalhada frouxa. Impulsiva mais do que eu gostaria. Tenho um relacionamento sério com filmes e séries, cobertor, travesseiro e dormir de conchinha. Apaixonada por São Paulo e por viagens. Boa ouvinte de mesa de bar, degustadora de cerveja barata, viciada em comida e admiradora da música popular brasileira e cinema nacional.

Ansiedade


,mjklh.jpg

A vida com ansiedade não tem sido fácil. As aparências enganam, ao mesmo tempo em que me mantenho calma (por fora) por dentro estou desmoronando. As pessoas falam pra eu respirar pausadamente, filtrar os pensamentos ruins, falam milhares de coisas na tentativa incessante de tenta ajudar. Mas só quem vive assim entende como é uma tarefa árdua manter-se positivo em meio os "tombos" da vida. Só quem sofre com isso sabe o quanto é difícil manter-se num relacionamento quando você diariamente já sofre premeditando o fim, com o medo do abandono e com a incerteza sobre um futuro. Só quem sofre com isso sabe o quão duro é planejar milhões de coisas, mas sentir um medo terrível e um tanto quanto infundado de sair do lugar, de arriscar. Só quem sofre com isso sabe como é ter milhares de pensamentos e ideias ao mesmo tempo, mas ter medo de realizá-las porque vive cercada por pensamentos negativos, já esperando o fracasso. Só quem sofre com isso sabe o quão doloroso é olhar para si e mesmo depois de fazer listas com pontos positivos, sentir-se fracassado porque não conquistou o que foi planejado pouco tempo atrás. So quem sofre com isso tem medos irreais e luta contra a respiração ofegante, o coração saindo pela boca e o pensamento repetitivo: "eu enlouqueci, eu estou morrendo?" Só quem sofre com isso sente-se inferiorizado à tudo e todas, como se não merecesse relações estáveis, com pessoas "normais" afinal, quem precisa de uma companhia que vive assim?

Prazer.


Poliane Teixeira

Louca apaixonada pela vida, pelas pessoas e principalmente pelos animais. Ariana nata, derretida pior do que manteiga. Riso fácil e gargalhada frouxa. Impulsiva mais do que eu gostaria. Tenho um relacionamento sério com filmes e séries, cobertor, travesseiro e dormir de conchinha. Apaixonada por São Paulo e por viagens. Boa ouvinte de mesa de bar, degustadora de cerveja barata, viciada em comida e admiradora da música popular brasileira e cinema nacional..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Poliane Teixeira