corra loba corra

cultura, filosofia, arte e lirismos

Erika Pessanha

"ah, que ninguém me dê piedosas intenções,
Ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: "vem por aqui"!
A minha vida é um vendaval que se soltou"- José Régio

Feeling Good


Parece que a tempestade passou, e eu me sinto bem, muito bem por sinal.

Se eu posso dizer algo de consolo para os deprimidos? Quando a dor passar, ou quem sabe quando você se acostumar com ela, a felicidade vai te parecer naftalina ... mas não, ela não se desfaz... eu explico:

A intangibilidade da sua dor se embrenha em seus conceitos, e quando você é engolido por um monstro invisível a felicidade deixa de ser um produto. Ao lado desse outro monstro ela sempre ao seu lado gritou que gosta de andar nua... ela gritou que é tão etérea quanto o medo que te paralisa.

Eu me sinto bem e sei que eu não necessito de muitas coisas para isso, o bem e o mal me circundam de mãos dadas a cada calada da noite, colocam o dedo em minha boca pedindo o meu silêncio... se eu olhar para o céu, Epicuro caminha sobre o sol ardente.

Eu me sinto bem mesmo sabendo que o momento de se encarar mortes fica impregnada na pele dos homens tal qual a poluição que acomete pássaros residentes das bordas de oceanos.

Desculpe santidade... desculpem-me todos os sagrados... eu me sinto bem melhor hoje, que a minha serenidade não depende de certezas invisíveis. Desculpem-me todos os mitos por cometer a heresia de passar a crer em mim.

Peço desculpa a todos os covardes que necessitam de subterfúgios, de "argumentum ad metum" para fazer "a coisa certa"... sorry, esqueceram de avisar a vocês que se leva uma eternidade caçando a tal "coisa certa", até que se descobre que ela é um camaleão que se mimetiza a cada civilização, a cada século, década, fração de segundo.

Muitos que eu amo já partiram e eu não sei... eu tenho dúvidas se eles fecharam os seus olhos como quando se queima uma lâmpada que pode não voltar a se acender. O que eu sei é que o certo é tentar iluminar a escuridão dos que ainda vão por aqui passar, e se eu precisei sufocar a minha fé para reforçar a minha coragem, pouco me importa se o meu destino está no céu que me inspira, ou na terra que sempre há de me acolher.

É um novo amanhecer É um novo dia É uma nova vida Pra mim E estou me sentindo bem


Erika Pessanha

"ah, que ninguém me dê piedosas intenções, Ninguém me peça definições! Ninguém me diga: "vem por aqui"! A minha vida é um vendaval que se soltou"- José Régio.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Erika Pessanha