desnudando

Ler é uma morfina; escrever é outra.

Caroline Fortunato

A escrita validou-me. Constantemente o faz

Então é natal, e o que você fez?

O que o trecho dessa música tem a nos ensinar?


advent-1883840_1920.jpg

O que você fez? Muita coisa! Embora nós tenhamos a sensação de que os anos têm passado cada vez mais depressa, ninguém é capaz de reter com exatidão na memória tudo o que aconteceu na própria vida dentre esse período. Mas há alguns materiais que nos ajudam nesse exercício, tais como: um diário, fotos que registraram determinados momentos e até mesmo a retrospectiva anual que algumas redes sociais fazem. Desse modo, frente a esses suportes, muitas vezes nós temos a seguinte reação: “Caramba! Isso aconteceu realmente esse ano?”

Muita coisa acontece em um ano. Muitas vitórias, derrotas, amadurecimento, sentimentos das mais diversas naturezas etc. Então por que, ao final do ano, nós temos a sensação de que não fizemos nada e que nossa vida está estancada?

Porque é quando sentimos nossa capacidade de realização. Você já venceu muito até aqui, nunca ignore isso. E não confunda essa sensação ligeiramente melancólica de fim de ano com ineficiência de sua parte: na realidade, é um momento em que você só está despertando para o poder que você tem de transformar ainda mais a sua vida.


Caroline Fortunato

A escrita validou-me. Constantemente o faz.
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/musica// @obvious, @obvioushp //Caroline Fortunato