despalavre

Frases ao relento.

Douglas Chicarelli

Estudante de Administração e 'aquele' chato do Marketing, mergulhado na loucura e apaixonado como nunca, encontrei todas os antídotos nas palavras que não digo, pois escrevo. Eis meu devaneio.

  • Sobre a Ansiedade 5.png
    Sobre a ansiedade

    Nota: Esse texto pode conter traços de minha personalidade mais obscura, pode te parecer doloroso e insuportável pensar como eu penso, ou pelo menos tentar. Lembro que estes são delírios de minha mente em momentos comuns noturnos, que hoje acontecem raramente, as soluções ainda não descobri e, se descobrir, dedicarei um novo texto aos chamados e autodenominados: ansiosos.

  • canc6.jpg
    Ser de Câncer

    Acreditar ou não acreditar no que diz o bendito zodíaco não é a questão. A questão é que ser desse signo já te faz supersticioso e apegado a tudo que possa te proteger e te fazer se sentir mais seguro. Ser de Câncer, é mais do que acreditar em tudo, é ser apaixonado por tudo e por todos, vivendo cada sentimento como se fosse a última gota de chuva.

  • vocenaoescolhe4.jpeg
    Você não escolhe

    Procure entender, querer não é poder, não vai acontecer nada exatamente do jeito que você quer. E por mais que você amaldiçoe tudo porque as coisas não saíram como você planejou, uma hora ou outra, acredite, você vai agradecer ao seu destino, as casualidades da vida, por te trazerem a felicidade que você também não esperava.

  • dc5.jpg
    Dom Casmurro Contemporâneo

    Já dizia a minha Avó: “O que os olhos não veem, o coração não sente”. Não foi assim para Bentinho. Não mesmo. Se fosse hoje em dia, quem sabe? A gente anda mesmo vendo cada coisa... e acreditando cada vez menos no que realmente importa.

  • olho por olho 5.jpg
    Olho por olho

    Lama nacional, em Mariana e no Senado, sangue mundial, aqui, na França, na Síria em todo lugar, o sangue que escorre em nossas mãos é fruto de atitudes repetitivas e não-funcionais, que vem refletindo e refletindo destruição a décadas, além da corrupção e o descaso que vivemos em nosso país, causando uma dos crimes ambientais mais repugnantes já ocorridos. Quando isso vai acabar? Qual são os valores das vidas que perdemos pelas mãos da Vale em Mariana? Quando é que vamos perceber que, não se paga sangue, com massacres, não se paga dor, com sofrimento, não se paga guerra com mais e mais destruição; quando é que vamos entender que, olho por olho, o mundo todo logo vai acabar cego.

  • imediatamente-amor.jpg
    Imediatamente amor

    Vivemos tempos de 'poucos' amores. Mas será que isso tudo é culpa do mundo em que vivemos? Que culpa tem o mundo, se somos nós que deixamos de confiar uns nos sentimentos dos outros. Negamos abraços, beijos, carinhos, ajudas e até meros apertos de mão e, agora queremos culpar isso e aquilo por esse mundo carrancudo em que vivemos. Seja mais amor, não seja guerra. Quem sabe mudando a partir daí não melhora aqui e vice-versa, vamos começar, não há tempo mais a perder...

Site Meter