diários de um gay paulistano

Casos, amores, paixões, putarias, liberdade vivida e exercida.

Luca Vegga

Pobre é o homem cujos prazeres dependem da permissão de outros.

  • sqn.png
    Simpático, mas não tá a fim

    E virou frase típica... repetitiva: 'Fulano é simpático... mas não tá a fim'. Mais do que condenar ou se fechar, melhor é estar ciente quando nos deparamos com um destes e ser capaz de curtir e aproveitar, com o mínimo de sofrimento. O efêmero também pode ser prazeroso. Se acha que consegue jogar esse jogo - sem garantia de imunidade - o texto é pra você.

  • Pink-Floyd-Dark-Side-of-the-Moon-2017-billboard-1240.jpg
    Vivências gays pelo streaming

    Este texto traz algumas reflexões sobre a vivência gay a partir dos títulos mais recentes disponibilizados no catálogo de filmes LGBT da Netflix. Histórias sobre a afirmação da orientação sexual, construção de relacionamentos, luta e superação de preconceitos. O que desses filmes podemos trazer para a nossa vivência cotidiana de busca por felicidade e completude? O relato também é válido para héteros. Contém [muitos] spoilers.

  • Marina-Lima1.jpg
    Marina Lima para libertinos

    Marina Lima é um dos ícones da geração rock Brasil anos 80. Com 40 anos de carreira, tem cadeira cativa no panteão das [email protected] da MPB. Esse texto faz uma leitura pessoal e íntima de algumas de suas canções a partir da ótica da liberdade sexual e afetiva. Eis o libelo libertino de Marina Lima. O veredicto? Deliciosamente culpada!

  • image.jpg
    George Michael, para mim

    A morte de George Michael me fez relembrar momentos especiais da adolescência e começo da vida adulta nos quais sua música esteve presente e influente. Também me fez pensar sobre os altos e baixos das trajetórias de artistas e de como seus fãs reagem e interpretam tais movimentos.

  • basic instinct.jpg
    Eu não quero namorar!

    Razões pra namorar, todo mundo tem. E pra não namorar?

  • brit slave.jpg
    Sexo a 3: breve guia de referências pop

    Para além do simples entretenimento, o pop também tem outras faces: transgressor, sugestivo e incômodo. Pode nos mostrar novas portas que nem sabíamos serem portas, mas que estavam ali, prontas para serem abertas. Entre e descubra as melhores e mais deliciosas inspirações para o sexo a 3.

  • karinabuhrdvg penocarnaval.jpg
    Karina Buhr para libertinos

    A poesia de Karina Buhr nos inspira a despadronizar o coração, ganhar asas e querer voar. Palavras e melodias a mostrar gente de carne e osso, protagonistas de histórias reais de amor e paixão.

  • sailor.jpg
    Adriana Calcanhotto para libertinos

    Novas possibilidades amorosas e sexuais emergem das músicas de Adriana Calcanhotto, uma auto-declarada 'pansexual monogâmica' que há tempos já nos convidava a comer Caetano.

  • Thumbnail image for monogamy and other issues.jpg
    Meu começo

    Breve apresentação de quem chega.