distinto olhar

Um olhar distinto sobre as coisas permitiria a percepção de novas possibilidades?

Italliane Martins

Cativada pelas possibilidades do humano e inquieta com a inércia, aprecio o pensar diferente e o poder da critica construtiva!
Apaixonada pela Psicologia, pôr do sol, pontos de interrogação...

Quem devo contestar?


754fdb82d3136ba2d4649e958007756b.jpg

“A vida não é fácil meu filho! ” Ouve-se por aí, ouve-se muito!

Porque não é? Quem disse?

A vida quem contou isso sobre ela? E se não foi.... Quem devo contestar?

A vida não é fácil.

Em algum lugar é?

Aqui. Pode ser!

Aí também?

Vê-se em muros: “Mais amor, por favor! ”

O por favor é para rimar, ou é suplica da vida? As vezes uma proposta de permuta.

O que a vida tens a dar é perceptível. Para você também é?

O que temos a dá-la?

Para alguns são pichações de malandros, talvez para que não tenham que fazer nada a respeito da tal suplica.

No evidente dizer do que faria a vida ser “fácil” brota a expressão: “amor”. Corriqueiro tema que é.

Porque não ouves, não vives, não ocupa-se disso?

Indagações, indagações....

“Poxa, como andas melancólico! ” Continuarei, até que ocorra o ultimo xingamento com o diferente, até que não se refira a natureza como inimiga, até que a guerra disfarçada cesse, até que se ouça “a vida é fácil, meu filho”.


Italliane Martins

Cativada pelas possibilidades do humano e inquieta com a inércia, aprecio o pensar diferente e o poder da critica construtiva! Apaixonada pela Psicologia, pôr do sol, pontos de interrogação....
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/sociedade// //Italliane Martins