Susiane Canal

Uma incorrigível sonhadora que, ao perder-se nas palavras, busca encontrar um sentido para sua existência.

Então é Natal...

É fim do ano outra vez. E eu te proponho a mudar, a se dar um presente de Natal. A escrever uma carta para você mesmo.


natal I.jpg

De novo, é Natal

Passa rápido, é verdade, como todo ano se repete...

Mas, talvez, seja realmente interessante tirar um tempinho para fazer o famoso “balanço”

Para não deixar com que esse fim de ano seja como os demais, que podem ter passado batido...

Que tal mudar dessa vez, marcar a sua história?!

natal II.jpg

Uma lista? Pode ser!

Tudo o que foi feito neste ano de bom, para si e para os outros

Em que aspectos evoluiu e que “defeitinhos” ainda tem para mudar

O que foi realizado despretensiosamente, mas que gerou alegres resultados

Tudo o que não havia necessidade de ter sido feito, ou que poderia ser de outro modo

Todos os corações que foram tocados, e todos os que te tocaram

O inesperado que foi visto com olhos maus, mas que se mostrou bom

E os acontecimentos e pessoas que marcaram, e que merecem o troféu do melhores do ano em alguma categoria...

Poderia haver uma lista específica para os sonhos alcançados e os ainda almejados

Os sonhos velhos e os sonhos novos

Os que merecem e os que não merecem permanecer na caixinha dourada dos nossos desejos

E os que, talvez, se pensarmos bem, poderiam ser criados agora...

natal III.jpg

Poderia constar, então, em uma nova lista, o que você está fazendo para que cada um dos sonhos selecionados vire realidade

E, quem sabe, fazer uma relação das coisas que precisarão ser efetivadas no próximo ano para que muitos desejos aconteçam

Também seria interessante listar os possíveis arrependimentos que teria caso não chegasse, por alguma razão, o próximo ano:

De não ter feito aquele curso diferente, não ter dado chance para um novo amor, não ter procurado um antigo amigo, não ter recebido um novo companheiro de quatro patas, não ter viajado para aquele lugar sensacional, não ter pedido perdão a alguém, não ter se declarado...

Não para se penalizar, mas para pensar em meios de ir atrás dessas vontades no ano vindouro

natal IV.jpg

Na verdade, o legal será analisar tais listinhas no próximo Natal

Ver que movimentos foram efetivamente realizados em direção aos sonhos

Quais primeiros passos, finalmente, foram dados...

E não vale se entristecer com "metas" que eventualmente não foram atingidas, porque nas listas que estamos falando não constam metas, mas GUIAS

E vai ser muito gratificante perceber que, de fato, você saiu – ainda que minimamente – da sua zona de conforto

Que andou para a frente

Que buscou mudar, melhorar, fazer a diferença – no mundo ou na sua própria vida

Você verá, então, como cada Natal de agora em diante ficará marcado por algo especial:

Um despertar, um sonho abandonado em razão do surgimento de outro melhor, um medo superado, um tesouro (interior) descoberto, uma alegria inesperada...

natal V.jpg

Porque, às vezes, é preciso organizar as ideias

Elas podem ficar embaralhadas na mente, de modo que nem se sabe dizer se houve avanços, se restam sonhos, se há algo a mudar

E colocar tudo no papel ajuda a visualizar e, até mesmo, iniciar sua materialização...

Vamos, não custa nada!

Tire uns minutos para os seus desejos

Você merece esse presente de Natal

E o seu futuro agradece.


Susiane Canal

Uma incorrigível sonhadora que, ao perder-se nas palavras, busca encontrar um sentido para sua existência..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @obvious //Susiane Canal