doce menina

a essência daquilo que se é

natally rodrigues

Um ser humano aprendiz da vida, do mundo, das sensações, um ponto sem fim regido pela arte.

as reflexões de fim de ano

Apenas seja sempre grato pelo agora, e caso queira se preocupar, se preocupe com o agora. Nós vivemos o presente e é ele quem merece nossa atenção e nosso esforço. Agradeça as pessoas que você ama e que amam você. Agradeça a si mesmo. Agradeça a plenitude de se sentir infinito e vivo. Seja todo dia ano novo, seja todo dia esperança e amor.


MATRIA_77.jpg

Todo último dia do ano é correria para terminar mais um ciclo da melhor forma possível. É o look pra combinar, são as comidas pra dar sorte, é o lugar exato com as pessoas exatas, nada pode ter erro. Além de tudo isso, nós procuramos repensar tudo que vivemos durante o ano, os altos e baixos, as alegrias intensas e a tristeza doída.

A partir daí resumimos o ano em uma palavra, e buscamos aprender com essa aula de período extenso e sem férias que é viver. Enquanto pensamos, vem até nossa mente aquelas pessoas que fizeram a diferença.

Todo ano conhecemos alguém que modifica tudo, que nos refaz, que habita em nós sem nos darmos conta, que apelidamos de presente do ano. Quem nunca, não é mesmo? Esse alguém vem para nos acrescentar, para nos fazer transbordar, para ser oposto e ser igual, para um laço tão intenso ser criado que nada, nem mesmo as pessoas que vivenciam isso conseguem explicar. O tal alguém que faz com que você veja a vida de outra forma, o tal alguém que faz parte não só do ano, mas agora da sua vida. O alguém que fez valer a pena.

E os velhos alguém? Aqueles que passam dias, meses, anos e continuam com você. Nesses encontramos a magia do tempo passar e tudo parecer intacto, a magia de crescer com o outro e ter o privilégio de acompanhar as vitórias do outro, ter o companheirismo de estar ali quando o momento não é de festa. Essas pessoas nos fazem ver como funciona a roda da vida, ela gira, gira, gira, e por mais que haja medo e espantos, os fortes permanecem em seus lugares.

Também é nessa época que nos deparamos com aqueles que nos fizeram mal, tenha sido de propósito ou não. E nesse momento devemos agradecer pelos acontecimentos, nós também não estaríamos no lugar que estamos se não existissem os maus episódios da vida, se não aprendêssemos com eles. Quando algo ruim acontece, por mais que doa nós temos que olhar com lucidez e ver o que podemos tirar pra gente como aprendizado.

Pensamos em nós, em como fomos, em como somos. Começamos o ano com certas ideologias e crenças, e no final estamos mudados. A palavra para isso é amadurecimento, na maioria das vezes. A questão é que as experiências que vivemos nos fortificam e com elas nós podemos ser mais, nós podemos ir além, e vamos. Aprendemos a interpretar e como já dizia Erasmo Carlos é preciso saber viver. Está aí. Aos poucos aprendemos a viver.

O ano é uma experiência, um ciclo que tem data de início e de término. Cabe a nós fazer com que seja uma experiência valiosa e que consigamos desenvolvê-la do jeito mais possível ao nosso gosto. Diante tanto tempo acontece muita coisa. É muita ida e muita volta. São passos pra frente e depois passos pra trás. E na correria maluca em que vivemos, nós deixamos muita coisa passar despercebido. Nós não contemplamos o agora, nós reclamamos do agora com a esperança de que o futuro será diferente só porque é o futuro.

O futuro não será diferente, sabe o motivo? Pois se você não fizer nada no presente para que o futuro seja diferente, ele não será. Porque a vida é isso. A vida é doer, temer, lutar, encorajar, chorar, sorrir, vencer, perder, amar, sonhar, dançar, cantar, radicalizar. E quando um ano começa, nós temos a chance de fazer tudo isso para estar sempre fazendo cada vez mais disso.

Então, quando um ano acaba surge a oportunidade de você agradecer por tudo que houve e refletir sobre os seus erros. Quando um ano acaba é tempo de deixar para trás os episódios ruins e prosseguir com você os aprendizados. Quando um ano começa é você ter a esperança e o sentimento de renovação. Imagine paz, seja paz. Imagine amor, seja amor. Sonhe e torne realidade. A vida é um sopro, e o ano novo é um pulmão experiente onde você poderá respirar novamente e fazer diferente.

Apenas seja sempre grato pelo agora, e caso queira se preocupar, se preocupe com o agora. Nós vivemos o presente e é ele quem merece nossa atenção e nosso esforço. Agradeça as pessoas que você ama e que amam você. Agradeça a si mesmo. Agradeça a plenitude de se sentir infinito e vivo. Seja todo dia ano novo, seja todo dia esperança e amor.


natally rodrigues

Um ser humano aprendiz da vida, do mundo, das sensações, um ponto sem fim regido pela arte..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/sociedade// @obvious, @obvioushp //natally rodrigues