doce menina

a essência daquilo que se é

natally rodrigues

Um ser humano aprendiz da vida, do mundo, das sensações, um ponto sem fim regido pela arte.

a relação entre ouvir e aprender

Somos em todo o momento influenciados. Influenciados pelo que ouvimos, pelo que vemos, pelo que sentimos, e assim construímos e desconstruímos nossos próprios paradigmas. Mas sempre haverá pessoas que vão nos inspirar. Aí está a grande jogada, a ação de ouvir o outro faz com que o outro nos inspire. E é a partir desta troca que o mundo se enriquece de saber, conhecimento e aprendizado.


tumblr_lu41ur9gqG1qdbjbqo1_500.jpg

Muitas vezes tudo o que nós precisamos é ouvir o que o outro tem pra dizer. É olhar, escutar e se colocar na situação que está sendo exposto. Mas como perceber isso? Quem pode nos ajudar? Nos ensinar?

Somos em todo o momento influenciados. Influenciados pelo que ouvimos, pelo que vemos, pelo que sentimos, e assim construímos e desconstruímos nossos próprios paradigmas. Mas sempre haverá pessoas que vão nos inspirar. Aí está a grande jogada, a ação de ouvir o outro faz com que o outro nos inspire. E é a partir desta troca que o mundo se enriquece de saber, conhecimento e aprendizado.

Tem aquela pessoa que enche os olhos, que o sentir e a experiência transbordam ao ponto de chegar a nós. Aquela pessoa que nos inspira e faz com que queiramos ser ainda melhores. Aquela pessoa que admiramos e nos deixa completamente encantados. Pessoa que toca a alma e passa a morar em nós, pois é assim que funciona a interação ouvir/sentir/inspirar/ser. Essa pessoa pode surgir na nossa vida do nada e vir a ser muito importante, ou pode ser descoberta por meio de uma convivência mais harmônica e íntima.

Por mais que nós estejamos empenhados para ouvir o que as outras pessoas estão dizendo, muitas vezes, nós não ouvimos, de verdade. Detalhes passam despercebidos, mas detalhes são essenciais para uma interpretação e um entendimento.

Na troca existente entre ouvir e falar deve-se ter respeito acima de tudo, pois por meio da diversidade de opiniões nós todos podemos crescer e realmente, aprender alguma coisa. A tolerância é herdada por aqueles que sabem lidar e exercitam essa troca.

Todo este contexto pode ser apresentado enquanto conversamos com alguém, enquanto acontece o sentimento de empatia, enquanto nos sentimos acolhidos e levamos um papo rico e cheio de verdade, sentimentos e educação. No decorrer disso, nos tornamos mais humanos e deixamos o mundo um lugar mais bonito. Começamos a ter o mundo que almejamos quando agimos de maneira fiel ao que propomos.

Às vezes, nós não compreendemos o outro e somos intolerantes. Mas cobramos respeito dos outros conosco e em outras determinadas situações. Todo mundo tem um pouco de erros na conta, e para melhorar nós devemos estar não só conscientes deles, mas principalmente mudar o nosso comportamento.

Pontuamos sobre como as relações humanas são intensas e nos proporcionam o melhor da vida. Por meio delas nós podemos ser mais, podemos fazer de cada singular um plural diverso, uma diversidade de respeito mútuo onde cada escolha seja acolhida e entendida, onde quem precisa de ajuda é ajudado e não julgado, onde o amor floresce e tenta mudar vidas, onde a amizade faz morada, onde a empatia é praticada, onde o dedo não seja apontado, onde o abraço se faça presente e a consciência de que todos nós estamos na mesma situação e condenados ao mesmo fim, consciência de que tem muito mais além do que nós conseguimos enxergar, imaginar e viver.

Diante de toda a imensidão em que nos foi imposta e que estamos expostos, cabe a nós fazermos a diferença a cada dia. E isso vem do ato de se relacionar com o outro, do ato de saber ouvir, e saber o que dizer. Vem da inspiração que aparece em nossas vidas, vem de quem está disposto a desfrutar do que a vida tem a oferecer.

A vida é uma arte, uma arte difícil de ser compreendida e ser feita, ou seja, vivida. Mas como toda arte, vale a pena. E depende da nossa sensibilidade de entender e da nossa disposição para senti-la. Feita de toques sutis, de palavras ditas, de sentimentos expostos, a vida espera que nós saibamos interpretá-la. Você já parou para ouvi-la?


natally rodrigues

Um ser humano aprendiz da vida, do mundo, das sensações, um ponto sem fim regido pela arte..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @obvious, @obvioushp //natally rodrigues