em busca dos girassóis

Em busca da felicidade, verdade e boas pessoas

Samanta Selzler

Inconformada em ser uma coisa só, querendo ser tudo ao mesmo tempo.

Meu pai Anti-herói

Quando seu herói não volta para casa, quando ele grita por nada e não consegue salvar nem ele mesmo, dirá o mundo. Você entende que ele não é um herói.


Pai-Waldorf.jpg

Quando você é uma garotinha, seu pai é seu herói. Ele é tão alto, tão forte e dá passos gigantes. Então você não entende porque ele deitou na porta da cozinha num dia frio, ou porque ele está falando engraçado ou porque ficou tão bravo de repente.

Não entende porque ele briga com a sua mãe quando ela não fez nada de errado, ou porque ele te esqueceu na creche de novo ou porque ele prometeu te levar ao circo e gastou o dinheiro com outra coisa. Poxa, ele prometeu!

E aos poucos você vai crescendo e as coisas vão ficando menos nebulosas. Você começa a entender que as pessoas têm fraquezas, tem vícios e traumas e que as vezes isso é tão grande dentro delas, que reflete em quem está a sua volta.

Eu cresci e entendi que meu pai sofria de uma doença chamada alcoolismo, que perdeu pessoas que ele amava muito, que se sentiu muito sozinho e que tudo isso fez ele fugir de tudo aquilo que lhe fazia bem. De uma família que o amava, de uma vida profissional em ascensão e de um futuro feliz.

Por muito tempo eu só pude me lembrar das coisas ruins que marcaram os meus dias com ele, mas com o tempo você tira as melhores lições disso. E de tudo que vivemos ao longo dos anos, eu só tinha um único pensamento: Eu vou ser diferente, eu vou ser melhor! Aprendi a ser forte e corajosa, a não aceitar uma derrota tão fácil assim, aprendi a lutar pelo que me fazia feliz.

Queria ter lembranças melhores a respeito dele, queria estufar meu peito ao chamá-lo de pai, queria que ele soubesse lidar com os próprios demônios, para que eu tivesse que lidar somente com os meus.

Eu perdoei o meu pai por não ter sido o meu herói. E as vezes é só isso que temos que entender: Muitas pessoas vão frustrar nossas expectativas, mas cabe a nós aceitar e seguir em frente.


Samanta Selzler

Inconformada em ser uma coisa só, querendo ser tudo ao mesmo tempo..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Samanta Selzler