Rafael Oliveira

Publicitario, um apaixonado pela arte de contar e conhecer historias. Sou viciado em livros e cinema, procurando sempre enxergar as mensagens mais profundas que se pode aprender com eles. Apaixonado pela vida e pela arte de viver.

Grande Gatsby - Tudo é passageiro

Com a historia de Gatsby aprendemos que as coisas passam e nada dura para sempre.


Gatsbt.jpg

Quem leu ou quem já assistiu essa grande obra sabe que Gatsby é um cara muito rico que vive dando festas em sua residência e a sua casa vive sempre lotada de pessoas. Para a nossa surpresa ele não conhece a maioria delas, pois são pessoas que vão chegando e por conhecerem alguém que já estava por la se divertindo acaba também por curtir ali toda comida e bebida de graça. Parece uma historia simples, mas ela nos mostra o quanto existem pessoas que só estão interessadas naquilo que você pode dar a elas, e poucos se preocupam realmente com o seu bem estar. Em um mundo onde pessoas buscam resultados e resultados temos uma sociedade doente mentalmente e fraca emocionalmente, pois passaram a se preocupar com lucros e não mais com pessoas.

Acredito que o maior segredo para grandes resultados é cuidar de pessoas, pois pessoas felizes e cuidadas produzem bons resultados. Mas o que Gatsby achava de tudo aquilo? Para ele também era só festa, pouco estava preocupado com as pessoas que conviviam na sua casa, nada sabia delas, só queria a casa cheia e convidados satisfeitos. Mas na verdade ele também só estava usando pessoas para o seu objetivo, que era reencontrar o seu grande amor. Gatsby também usou o seu vizinho para alcançar esse objetivo. Na historia vemos que aquelas pessoas estavam apenas se usando, tudo para o seu próprio bem estar. Uma pena, mas será que a nossa sociedade esta assim tão distante dessa realidade?

Esse texto não tem como objetivo te levar a ser pessimista, longe disso. O meu objetivo é levar você a pensar e refletir de que as coisas são passageiras, por isso não vale a penas usar pessoas, não vale a pena passar a perna nos outros. O que mais me chocou foi o final da historia, onde temos Gatsby morto e ninguém que participou de suas grandes festas estava la presente. Eram apenas o pastor, o vizinho e mais uma pessoa que diz uma frase interessante:

"E todas aquelas pessoas que estavam na suas festas?"

Pois é, cade as pessoas que participavam de suas festas? Cade os amigos que batiam a mão no ombro dele? Ninguém apareceu, nenhum foi se despedir dele. Novamente a vida é passageira, em um momento festas, no outro problemas. Assim é a vida e não esta errado. Cada momento é um momento de aprendizado e crescimento. Devemos aproveitar e viver o melhor de cada situação. Participe e de sim festas, mas não seja interesseiro, não seja sujo, mas busque conhecer pessoas, conhecer historias, pois são elas que ficam, o resto passa, inclusive poder e dinheiro, como o próprio Gatsby experimentou.


Rafael Oliveira

Publicitario, um apaixonado pela arte de contar e conhecer historias. Sou viciado em livros e cinema, procurando sempre enxergar as mensagens mais profundas que se pode aprender com eles. Apaixonado pela vida e pela arte de viver..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Rafael Oliveira