Rafael Oliveira

Publicitario, um apaixonado pela arte de contar e conhecer historias. Sou viciado em livros e cinema, procurando sempre enxergar as mensagens mais profundas que se pode aprender com eles. Apaixonado pela vida e pela arte de viver.

30 anos do Álbum As Quatro Estações

Neste ano o Álbum As Quatro Estações completam 30 do lançamento. Vamos analisa-lo e nos emocionar


QUATO.jpg

Legião Urbana é umas maiores bandas do rock nacional, e na minha opinião a melhor banda da história do país, por conta das letras sensacionais escritas por Renato Russo, recheada de muita poesia, que fala até os dias de hoje, sendo muito atual. Além disso havia uma mitologia em cima da banda, que chegou até mesmo a se afastar dos holofotes, realizando shows apenas para um grande número de pessoas em alguns moimentos. Enfim, neste ano fazem trinta anos do lançamento do melhor Álbum da banda, que na minha opinião é o Quatro estações, recheado de espiritualidade e músicas muito bonitas, que traziam sempre uma mensagem bonita. Este foi o Álbum que levou a banda para outro patamar, varrendo o Brasil com diversos sucessos que estão na boca de muitos até os dias de hoje.

Renato Russo escreveu o seu melhor em cada uma das canções, onde em cada uma delas existe um tipo de mensagem, não sendo apenas simples músicas. Em "Há tempos" temos uma mensagem para os jovens, chamando a atenção para o estado de muitos jovens em nossa sociedade. Nos fala de cansaço, nos fala de uma vida em busca de sentido. Em seguida temos uma pancada com "Pais e filhos", onde não tem como não se emocionar. Renato aqui fala de relacionamentos, de momentos entre os pais e seus filhos e chama atenção para que possamos melhorar a nossa comunicação com aqueles que nos criaram. As melodias de cada música acabam se encaixando perfeitamente com a poesia der cada canção. Após uma música em inglês o Álbum volta ao seu melhor com "Eu era um Lobisomem juvenil", com uma letra longa, que fala da vida da cidade e também de amor. "Quando o sol bater na janela do seu quarto" retoma a esperança de que coisas boas vão acontecer, em uma conexão excelente entre voz e melodia.

Para mim a melhor música deste Álbum é "1965(duas tribos)", falando muito sobre o país, com uma mensagem positiva dizendo que o Brasil é o país do futuro. Gosto quando ele canta que não importa a situação que o astral deve ser sempre para cima. "Monte Castelo" é uma bonita música onde Renato junta o poema de Camões, a guerra de Monte Castelo e também trechos bíblicos sobre o amor. Em seguida temos duas canções muito pessoais para Renato. Em "Mauricio" ele fala sobre amor, no caso dele ainda mais pessoal, mas é uma música que se encaixa na vida de qualquer um que ama alguém. A clássica "Meninos e Meninas" é onde ele se abre e fala do que gosta, mas com uma letra recheada de versos interessantes e bem construídos. O Álbum segue com "Sete cidades" , uma música muito bonita, acompanhada com uma bela gaita falando de amor em uma linda declaração e desejo de estar com quem se ama. Amor sem dúvida é o tema de Quatro estações, quem termina com "Se fiquei esperando meu amor passar", onde ele fala novamente sobre o cristianismo no fim da música. Este Álbum é um dos melhores da múcica nacional, que merece ser revisitado, pois é um trabalho que fala do amor de forma muito bonita e com muita poesia. Você vai se emocionar.


Rafael Oliveira

Publicitario, um apaixonado pela arte de contar e conhecer historias. Sou viciado em livros e cinema, procurando sempre enxergar as mensagens mais profundas que se pode aprender com eles. Apaixonado pela vida e pela arte de viver..
Saiba como escrever na obvious.
version 34/s/musica// @obvious, @obvioushp //Rafael Oliveira