epifania

Súbito entendimento ou compreensão de que os livros são parte do Ser

Gisele Bellucci

Cada livro conta uma história e cada história contém a magia certa para encantar as nossas vidas

A Maldição dos Livros

Quando uma história consegue tocar o seu coração, ela atinge seu objetivo máximo, o de entreter a todos nós.


literatura fantastica.jpg

A vida nem sempre é só alegria, disso todos nós sabemos. Eu creio que seja por esse motivo que eu gosto tanto da literatura fantástica, contos de fada, ficção, gosto, sempre gostei, desde pequena. “Era uma vez” sempre fez parte da minha vida, onde eu encontrava nos contos de Perrault, Jacob e Wilhelm Grimm e Hans Christian Andersen a minha fuga para um lugar mágico e especial, onde eu conseguia fugir da mediocridade do dia-a-dia. Sou grata pelas pessoas que conseguem transformar a realidade através das palavras, das cenas de um filme e até mesmo uma música.

A fantasia é necessária à sanidade. Através de feitiços, magias, encantos modificam a realidade daqueles que veem ou leem, e isso faz uma enorme diferença na vida da gente. São pessoas que acreditam na beleza do mundo, acreditam que ele não precisa ser cinza o tempo todo, acreditam que não é preciso assistir aos jornais todos os dias para se informar. Porque, na verdade, você se informa quando desliga a TV. Quando você desliga o aparelho que te deixa em estado catatônico, absorto, que te hipnotiza e transforma a todos nós em zumbis.

Nós precisamos de mais J.K. Rowling, de C.S. Lewis, de J.R.R. Tolkien, de Frank Baum, e também de Cervantes, de Clarice Lispector, de Stephen King, precisamos de mais coisas que nos sintonizem com a vida que acontece aqui e agora. Apenas escolha o autor, existem muitos deles, e muitos deles são ótimos e ótimas companhias. Seus personagens foram transformados em pessoas reais, nós sentimos isso, nos identificamos com eles, torcemos ou não por eles. As histórias existem para serem contadas, lidas e vistas, e há meios infinitos de fazer isso sempre com originalidade e sentimento.

“Quem é que nunca desejou conhecer ao vivo os personagens de seus livros prediletos” está escrito na contracapa do livro ‘Coração de tinta’ de Cornelia Funke. Quem mesmo sem saber o que é uma guerra e sobreviver a ela, não sente na pele as dores da pobre Ofelia no ‘Labirinto do Fauno’. As aventuras de Pi, Percy Jackson, Harry Potter, o Senhor dos Anéis, Nárnia, a Maldição do Tigre, escolha o que quiser, escolha o livro que escolher você. Todos bebem da mesma fonte, da fantasia, às vezes com um pouco de suspense, terror, paranormalidade, mas todos tratam de assuntos que conhecemos através de um único olhar, mas que aprendemos, através deles, a termos um olhar diferenciado sobre o tema abordado.

Muitas vezes temos opiniões fortemente formadas a respeito de um assunto mas não sabemos nem por quê. Cortamos a cabeça e a cauda do peixe para colocarmos em uma grande assadeira, sem sabermos que nossa avó fazia isso porque a assadeira dela era pequena. Simplesmente por isso. Pergunte. Questione. Queira saber por que. Às vezes não é misticismo, é apenas criatividade. Não seja fechado às coisas novas, saiba o que é primeiro. Pode não fazer sentido para você naquele momento de sua vida, mas quem sabe daqui a alguns anos. Deixe que os personagens escolhidos por você façam parte da sua vida e da sua história, deixe que eles te ensinem como passar por um grande perigo sem que você tenha que sair da sua confortável poltrona com um balde de pipoca. A ficção sempre fez muito mais sentido para mim do que muita verdade escancarada e imposta. Eu não sou obrigada a acreditar no que a maioria acredita. Eu quero fazer sentido na vida das pessoas, ajudar as que eu puder, as que eu conseguir, aquelas que cruzarem o meu caminho através dos meus textos, porque é isso que faço e é isso que amo fazer, escrever. E se para você é difícil ler fantasia, por não acreditar nela, olhe para sua vida cheia de compromissos que não te dão tempo nem para respirar, nem para você se lembrar de quem realmente é.


Gisele Bellucci

Cada livro conta uma história e cada história contém a magia certa para encantar as nossas vidas.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// @obvious //Gisele Bellucci