Tainara Gomes

Sou o que costumo classificar como: pararelo entre a fantasia e a realidade.

  • a princesa e o sapo.jpg
    Mulheres: O Falacioso Conto da Princesa e o Sapo

    Nessa brincadeira toda de faz de conta, perdemos nossa vitalidade, sonhos e até a saúde mental, nos sacrificamos. Já os sapos não, vai ser beijado por muitas princesas, porque descobriram um mecanismo interessante, eles impedem a própria transformação, em virtude de serem eternamente beijados, além de fugirem das responsabilidades de príncipes, a maioria concorda, é mais divertido brincar em poças de lama. Em resumo, o conto transforma-se em um eterno déjà vu. Mas veja só, como isso é angustiante né?

  • homem de lata.jpg
    Quando vamos parar de responsabilizar a criação de expectativas e falar sobre responsabilidade afetiva?

    Chegou a hora de devolvermos a vitalidade das relações humanas, abolir a falta de expectativas e passar a cobrar amores intensos, responsabilidade dos nossos parceiros e um verdadeiro comprometimento na relação. Amar não é pecado, demonstrá-lo menos ainda, ele não deve ser encarcerado por esse mundo cada dia mais narcisista. Se até o homem de lata quis um coração para ser capaz de demonstrar suas emoções, porque nós que o temos vamos desperdiçá-lo? Precisamos de mais amor e menos fingimento!

  • IMG-20170308-WA0020.jpg
    Sincronia Primordial: nova fase para o rap no Nordeste

    Para quem desacreditou do potencial do rap na Bahia topou de frente com o som responsa do Sincronia Primordial. O grupo nasceu a um ano e meio em Salvador, criado pela produtora Hash Produções, a qual também é responsável pelo trabalho do grupo Costa Gold. O Sincronia experimenta uma nova fase, apoiado em novos projetos, trazendo contribuições para o cenário underground e levando representação para as ruas do Nordeste.

  • oz obvious.jpg
    Você não sabe o que é melhor para o outro!

    Embora possa parecer uma preocupação ou qualquer coisa que classifiquem como ''bem querer'', tentar guiar os rumos de uma vida que não seja a nossa é totalmente invasivo e injustificável; Não importa se é o futuro dos nossos filhos, irmãos, sobrinhos, namorado(a) ou amigos, não importa, não temos esse direito. Não interessa se você é feliz na sua profissão, conseguiu estabilidade e conforto com ela, esse é seu ideal, tentar aplicar isso na vida de alguém é desconsiderar a relatividade da felicidade e da realização, ambas são conceitos pessoais.

  • traião pensativa.jpg
    Devo me questionar sobre o motivo pelo qual fui traída?

    Entretanto, se a traição fosse uma novela nela não existiriam violões e mocinhos. Não é filme de bang-bang muito ou novela das 8 na emissora com o maior índice de ibope. As relações humanas não permitem telespectadores, a opinião do público me atrevo a dizer, é insignificante. Não busquem consolo em palavras como: ' ele(a) não te merecia'. Isso não vai te fazer melhor, muito menos curará a sua ferida.

  • obvious depressão.jpg
    Oi, eu tenho depressão. Preciso de empatia, não de conselhos!

    É como boiar no meio de um oceano gelado em um dia nublado, por mais que queira sair nadando seu corpo não responde, ele é levado pela correnteza e você observa a sua vida passar diante dos seus olhos como um mero espectador, tentando suportar a água gelada que paralisa os sentidos e as suas ações. Não podemos fugir quando o nosso corpo é a nossa prisão, o nosso verdadeiro algoz.

  • 15.jpg
    A incapacidade de amar sem dominar e a aversão aos gatos

    Pessoas que não compreendem o comportamento felino certamente são incapazes de amar sem dominar. Quando alguém afirma não gostar de gatos usando como justificativa a falta de apego desse animal ao seu dono, automaticamente eu passo a analisar o comportamento dessa pessoa em relação aos que fazem parte do seu círculo, em especial, nos relacionamentos afetivos. Embora eu não possa generalizar, descobrir o quanto possessivas, chantagistas, dominadoras, dramáticas e tiranas são essas pessoas. Fazendo dos seus companheiros suas verdadeiras marionetes.

  • Thumbnail image for solidão2.jpg
    Costela Quebrada

    A decepção é uma dor silenciosa, porém, implacável. É como um parasita, ela te devora por dentro, se alimenta da sua esperança e da sua vontade de viver. Foi quando eu acordei para o que tinha me transformado: eu era um pedaço de costela. A minha função era protegê-lo, quando perdi essa funcionalidade eu já não era mais nada.

  • capa da apresentação.jpg
    Billie Holiday: a estranha fruta das árvores do Sul

    Billie Holiday eternizou com sua voz intensa uma das maiores canções de protesto contra o racismo e o linchamento de negros nos Estados Unidos. ''Strange Fruit'' é a tradução do horror e da violência sofrida pelos afro-americanos durante os anos de segregação racial.

Site Meter