Lucas B. Friedmann

‎"I want to stay as close to the border as I can without going over.
Out on the edge you see all kinds of things you can't see from the center." Kurt Vonnegut (1922-2007)

Eu escrevo porque (eu não entendo e nem sei como explicar) era
o que eu sempre quis fazer, mesmo antes de saber escrever

entre neo e cobb e o descolamento de billy pilgrim

O hacker Neo aceitou uma das pílulas oferecidas por Morpheus e saiu de uma realidade alternativa para cair na vida real. O ladrão "de alto nível" Cobb navega em realidades oníricas em busca de segredos industriais. Mas, entre alguns outros exemplos, foi Billy Pilgrim quem conseguiu descolar-se do fluxo normal do espaço-tempo... e ficou perdido!


É engraçado como às vezes nos damos conta como estamos presos a um fluxo de tempo que é constante e permanente. Por mais que tenhamos sensações diferentes da passagem do tempo, algumas vezes mais rápido, outras nem tanto, o seu fluxo normal sempre se impõe. E eu comento isso sem levar em consideração as leis da física que explicam (ou pelo menos tentam explicar) o fluxo de tempo.

Alguns filmes tentam refletir sobre a passagem do tempo e as sensações que prevalecem conforme nossas mentes sejam empurradas, pelo bem ou pelo mal, a operarem em 'tempos' diferentes do tempo real. Algumas vezes, para reviver algum momento do passado. Outras vezes, uma viagem de amadurecimento. Até mesmo viagens no tempo aparecem como artifícios para essas reflexões.

1_fSY3q5uPRrtCOidlwr2qOA.jpeg

Entre dois extremos, poderíamos lembrar de Neo e de Cobb. Acima, uma cena do filme 'Matrix', no qual Neo é um hacker e Morpheus lhe permite decidir se quer continuar em uma realidade alternativa ou se prefere encarar a vida real. Abaixo, uma cena de 'Inception', no qual Cobb, um delinquente de "alto nível", entra em sonhos alheios para roubar segredos industriais.

inceptionplot018.jpg

Houve ainda a viagem de Logan que, defrontado com uma situação irreversível, é levado a viajar para o passado e alertar seus amigos, para que tomem decisões diferentes e assim consigam trilhar um caminho alternativo e construam um futuro melhor. É interessante que, nesse filme, é sua mente que é transferida para seu próprio corpo no passado.

82b4c971cf8999e0d6e82543bf55cf55.jpeg

É Billy Pilgrim, de 'Slaughterhouse Five', baseado no livro homônimo de Kurt Vonnegut, quem consegue de fato se descolar do fluxo normal do tempo. Ele foi capturado por alemães durante a Segunda Guerra Mundial e, chocado com a experiência, passa a reviver experiências de seu passado. Ele fica então perdido em seu passado, impossibilitado de viver novamente suas experiências no presente.

001-126-orig.jpg

Em seus anos posteriores à sua experiência na Segunda Guerra, Billy Pilgrim acaba sequestrado por extra-terrestres do planeta Tralfamadore para ser exposto como em uma espécie de zoológico, em uma gaiola, na companhia de uma atriz de filmes pornográficos. Eles atraem muitos interessados e Billy acredita que os tralfamadorianos querem que ele a sua companheira de cela procriem.

A vida moderna pressiona por uma aceleração das experiências diárias e os dias e semanas parecem se empilhar em algo que muitas vezes soa repetitivo e sem sentido. Uma forma de superar essa sensação é a busca por experiências que sejam novas. A vida social e o trabalho podem se revelar estéreis como possíveis fontes de novas experiências, mas um ângulo diferente na interpretação de algum evento pode descortinar caminhos novos e inteiramente inesperados. É necessário correr riscos e sair de zonas de conforto para encontrar esses caminhos alternativos.


Lucas B. Friedmann

‎"I want to stay as close to the border as I can without going over. Out on the edge you see all kinds of things you can't see from the center." Kurt Vonnegut (1922-2007) Eu escrevo porque (eu não entendo e nem sei como explicar) era o que eu sempre quis fazer, mesmo antes de saber escrever.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// //Lucas B. Friedmann