escrevendo com a luz

e movendo fotogramas

Julio Benck

Se você leu até o final, significa que consegui captar sua atenção. Muito obrigado e, quando tiver um tempinho, acessa lá meu blog, na parte de notícias ;-)

Série Hep7agons - a experimentação na fotografia

Se há alguma dúvida sobre o papel artístico da fotografia, ela cai por terra com a série Hep7agons, do fotógrafo Rogério von Krüger. Juntando sacada técnica e inspiração artística, acessamos um mundo onde todas as cidades são iguais e se misturam.

Desta vez vou limitar meus comentários ao destaque. Será o próprio autor da obra que vai falar sobre o resultado de seu trabalho. Abre aspas:

A ideia dos heptágonos surgiu quando percebi que o desfoque de pontos de luz realizados com uma lente específica geravam a figura do heptágono. É uma lente antiga, e só consigo esse resultado quando uso ela.

Fotos - Rogerio von Krüger

Hep7agons

Fotos - Rogerio von Krüger

Itália

Fotos - Rogerio von Krüger

Hep7agons

Fotos - Rogerio von Krüger

Hep7agons

Fotos - Rogerio von Krüger

Peru, outubro de 2010

Fotos - Rogerio von Krüger

Staromestske Namestí, Praga

Fotos - Rogerio von Krüger

Danubio, Buda side

Sou um grande admirador do artista holandês M.C. Escher, com seu trabalho de ilusão de ótica, perspectivas e muita geometria. Esses três elementos juntos são capazes de criar imagens oníricas e surpreendentes.

Então, minha primeira motivação foi criar algo que me remetesse ao universo do Escher. A forma como desenvolvi isso foi trazer o desfoque antes do pano de fundo da imagem como assunto principal, e a partir dos pontos de luz montar composições com essas figuras.

Fotos - Rogerio von Krüger

Dea Orh Art Gallery, Praga

Fotos - Rogerio von Krüger

Vos Bigband, U Stare Pani Jazz Club, Praga

Fotos - Rogerio von Krüger

Rio de Janeiro

Fotos - Rogerio von Krüger

Rue Jeunne Mance, Montreal

Nesse trabalho, a fotografia não é mais o registro do real, do que vemos, do que a vista alcança. A fotografia é mais um suporte para um trabalho de artes plásticas, de desconstruçao da realidade, de trazer para a imagem algo que não vemos com os olhos. Como os cubistas, por exemplo, que representam formas, pessoas e paisagens de forma particular, trazendo um novo ponto de vista e de reflexão sobre o assunto.

Fotos - Rogerio von Krüger

Boulevard de Maisonneuve, Montreal

Fotos - Rogerio von Krüger

Peru, outubro de 2010

Fotos - Rogerio von Krüger

Peru, outubro de 2010

Fotos - Rogerio von Krüger

Chain Bridge, Budapest

Fotos - Rogerio von Krüger

Chain Bridge, Budapest

Fotos - Rogerio von Krüger

Amsterdam

Fotos - Rogerio von Krüger

Quartier des Spetacles, Montreal

Para a construção dessas imagens, estou sempre atento à iluminação, e quando falamos de fotos das cidades, este olhar está sempre procurando nos centros urbanos uma composição que seja interessante e desafiadora. Pode ser uma ponte, um prédio, um túnel, um rio. Um fotógrafo muitas vezes vê a foto antes de clicar, e com os heptágonos acontece a mesma coisa. Quando escolho um lugar pra fazer esse tipo de imagem, é porque já visualizei a imagem final, e é nisso que esse trabalho se aproxima das artes plásticas, já que poderia pintar ou desenhar a imagem ao invés de usar a fotografia como meio de expressão.

Fotos - Rogerio von Krüger

Chain Bridge, Budapest

Fotos - Rogerio von Krüger

Delft, Holanda

Fotos - Rogerio von Krüger

Italia

Fotos - Rogerio von Krüger

Italia

Fotos - Rogerio von Krüger

Chain Bridge, Budapest

Fotos - Rogerio von Krüger

Italia

Fotos - Rogerio von Krüger

Lettuce, Cinemateque 

As cidades sob a perspectiva artística

Dentro do trabalho dos heptágonos, há uma série que representa diferentes cidades do mundo. Minha busca nesse sentido é de aproximar as distâncias, mostrando que as cidades hoje, apesar das peculiaridades culturais e geográficas, são muito similares na essência, com todas as questões que os centros urbanos trazem, a interação de uma pessoa com o lugar, com as outras pessoas e com ela própria. Enfim, sua forma totalmente única de se relacionar e fazer a diferença neste mundo. Por isso, nesta série não há muita diferença entre o Rio de janeiro e Budapeste, entre Arequipa no Peru e Montreal, já que somos todos habitantes deste planeta. Todos os problemas e benesses do mundo são sentidos por cada um de nós, em diferentes graus e intensidades, mas de alguma forma intrínseco em qualquer pessoa que questione e reflita os caminhos e conceitos da sociedade moderna, onde o "ter" importa mais do que o "ser".

Rogério von Krüger é artista e é um profissional tríplice: é fotógrafo de casamentos,  fotógrafo de eventos e faz fotos corporativas.


Julio Benck

Se você leu até o final, significa que consegui captar sua atenção. Muito obrigado e, quando tiver um tempinho, acessa lá meu blog, na parte de notícias ;-).
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/fotografia// @obvious //Julio Benck