Wander B.

Wander B. é artista da palavra, da música e do gesto

A castração da sociedade

Os mitos em torno do tamanho do pênis, dos seios, das nádegas, assim como todos os padrões estéticos que nos são vendidos diariamente estão na base da edificação de um discurso que visa nos diminuir diante do mundo.


o cara em pb.jpg Arte: Débora Nakano

O sistema alimenta a insatisfação sexual da sociedade porque sobrevive da impotência da maioria de seus membros. Um sujeito com a sua sexualidade minimamente saudável deixa de aceitar as insatisfações em outros campos, passa a não vê-las com naturalidade.

Realizando de forma mais plena os seus desejos sexuais, esse homem tenderá a uma busca por um cotidiano onde haja a necessidade de uma entrega maior por parte de todas as pessoas envolvidas em qualquer situação e, consequentemente, o prazer mútuo pelas concretizações dos esforços feitos – o que muda de imediato a sua relação com seu trabalho, com suas opções de educação e lazer, com suas convicções políticas e religiosas; enfim, mexe na base das relações humanas em geral.

Desejará ter voz ativa: a incapacidade que temos de nos colocarmos firmes diante de qualquer assunto diz muito sobre as nossas limitações fisiológicas, sobretudo as que dizem respeito ao potencial orgástico.

Os mitos em torno do tamanho do pênis, dos seios, das nádegas, assim como todos os padrões estéticos que nos são vendidos diariamente estão na base da edificação de um discurso que visa nos diminuir diante do mundo. A moral fundamentada na culpa, defendida pela maior parte das doutrinas filosóficas e religiosas, formam outro pilar de sustento na construção do homem frágil.

A raiz da ambivalência constituída por abstinência e compulsão, tão presente em todos os campos da vida na pós-modernidade e muito bem representada pela dualidade entre miséria e consumismo, evidencia e denuncia essa relação doentia que se estende do comportamento sexual ao coletivo. Trabalhar por uma vida sexual saudável é então bem mais do que isso. É um desejo que não se limita a quatro paredes; ultrapassa essa fronteira e lança no mundo novas possibilidades para uma reformulação, tão necessária, de nossa sociedade.

Por Wander B. Referência bibliográfica:

Reich, Wilhelm. 1897 – 1957 A função do orgasmo: problemas econômico-sexuais da energia biológica Wilhelm Reich; tradução Maria da Glória Novak. – São Paulo: Brasiliense, 2004

Revisão: Mateus Grava


Wander B.

Wander B. é artista da palavra, da música e do gesto.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/sociedade// @obvious, @obvioushp //Wander B.