estética doméstica

O prazer da arte consiste no livre jogo da razão associada à intuição

Alysson Camargo

escrevendo sobre os devaneios nas artes.

Bernardo Moreira: o retratista de Brasília

Bernardo Moreira, apresenta uma outra forma de olhar o retrato contemporâneo, índice para a investigação da representação de emoções, sensações e sentimentos impressos em fotografias digitais.


22684365797_faf717ae8c_z.jpg

Bernardo Moreira, foto disponível aqui https://www.flickr.com/photos/bernardomoreiraphotos/

Quando olho para um dos retratos de Bernardo Moreira, a primeira apreensão que recebo é o contexto estético da fotografia, o primeiro impacto visual, depois, investigo onde ela foi registrada, uma breve descrição visual da cena, meu olhar segue lentamente para o tema proposto, o retrato.

21275429824_790827de7d_z.jpg

Bernardo Moreira, foto disponível aqui https://www.flickr.com/photos/bernardomoreiraphotos/

Fazendo uma rápida retrospectiva da história da fotografia, compreenderemos melhor a poética por trás dos retratos de Bernardo Moreira.

A fotografia já foi e ainda é utilizada como documento ou prova para os momentos em que se faz necessário alguma comprovação, entretanto, após a segunda guerra mundial, a fotografia começou a desintegrar-se como representação fiel dessa realidade, e foi incorporada com toda a força como linguagem artística e como matéria-prima de estudos sobre estética.

artwork_images_460_16038_jeff-wall.jpg

Jeff Wall disponível aqui http://www.moma.org/interactives/exhibitions/2007/jeffwall

Os fotógrafos modernistas, começaram a trabalhar experimentações estéticas na fotografia, flexionando e experimentando novas formas de reinvenção e ampliação do campo da fotografia, como o picturalismo no início de 1890 na França, Inglaterra e nos Estados Unidos.

german_lorca_galeria_de_gravura_1.jpg

German Lorca disponível aqui finephoto.com.br

Já na fotografia contemporânea, o visível se torna índice, ponto de partida para a investigação de caminhos propostos pela fotografia, o tema não se esgota na apresentação visual, inicia nela.

11836690_1033291616683191_4103758859764407445_n.jpg

Alexandre Mury foto disponível aqui http://alexandre-mury.blogspot.com.br/

A fotografia contemporânea também tece relações entre o ficcional e factual de forma aprofundada, rompendo fronteiras, expandindo as poéticas e subvertendo a fotografia como realidade, Cindy Sherman é uma fotógrafa que brincou muito com esse paradoxo, representando fotograficamente pessoas mortas.

Sem título #153, de Cindy Sherman (1985).jpg

Cindy Sherman foto disponpivel aqui http://www.cindysherman.com/

Com Bernardo Moreira esse campo é ampliado através do retrato, ele cria um espaço invisível, enquanto fotógrafo, quase escondido, suas fotografias oferecem uma janela de observação, como se estivéssemos olhando por um buraco na parede, uma cena que não deveríamos ver.

13015175_1116171205081537_3405121237075759030_n.jpg

Bernardo Moreira, foto disponível aqui https://www.facebook.com/bernardo.moreira.773?fref=photo

É possível observar em suas fotos uma ponte entre a fotografia publicitária e a fotografia artística, uma ponte que às vezes pesa mais para um lado, e em outros momentos para o outro. Além da leveza e delicadeza do seu olhar em relação aos temas.

13041058_1120090394689618_861737240487277213_o.jpg

Bernardo Moreira, foto disponível aqui https://www.facebook.com/bernardo.moreira.773?fref=photo

Bernardo Moreira oferece através dessas fotografias, momentos íntimos, despreocupados, sem a sensação estranha que a captura impregna na cena em poses direcionadas e planejadas. E a partir desse privilégio de acesso, que nós temos, o campo da fotografia ampliada se cria.

16404908748_bc45437a32_z.jpg

Bernardo Moreira, foto disponível aqui https://www.flickr.com/photos/bernardomoreiraphotos/

Fotógrafo brasiliense, Bernardo Moreira trabalha com o retrato dos sentimentos, das sensações e das emoções na fotografia contemporânea, podemos observar que o retrato que outrora era feito para registrar e representar um sujeito, se torna fio condutor de expressão e conexão emocional, entre quem representa essas emoções, e quem se identifica com elas.

12390843_1039388902759768_8257459175187556247_n.jpg


Alysson Camargo

escrevendo sobre os devaneios nas artes. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/fotografia// @obvious, @obvioushp //Alysson Camargo
Site Meter