eu e meus rascunhos

Que demore, mas venha e que seja tudo aquilo que eu sonhei!

Jorge Rufino

Exagerado, confuso e extremamente intuitivo. Ama tempo frio, chuva, gatos, se apaixonar, não se apaixonar, já falei confuso? Lê gibis, sorrisos e corações partidos.

Nem sempre ficamos com a pessoa que a gente ama

Se você tiver sorte, vai conhecer o amor da sua vida. Aquela pessoa que vai fazer você sair do eixo, delirar de ciúme. Vai ser a pessoa que vai dividir sua vida em: antes dela e depois dela. Você aprenderá com ela, dará tudo de si.


o-amor-da-sua-vida-esta-indo-embora.jpg

Dia desses conversava com um amigo e ele falou que tinha saudade de uma ex-namorada. Ele falou na saudade que tinha dela e ao mesmo tempo no medo que tinha de reencontrá-la. É que quando a gente ainda gosta de alguém, é normal sentir saudade. É normal ter aquela vontade de mandar mensagens e chorar de vez em quando. É normal fazer milhares de coisas só pra não ficar o tempo todo pensando na pessoa.

Porém, nossa vida é feita de escolhas, e, portanto, se você escolheu que aquele fosse o último abraço há uma razão nisso tudo.

Hoje é outro que a abraça. É outro que a beija. E você tem que aceitar. Dá um ciúme só de pensar nisso, sim, mas nem sempre ficamos com a pessoa que a gente ama. Parece injusto, eu sei, mas por alguma razão o destino, ou sei lá o que, faz questão de separar casais que realmente se gostam. Às vezes, eu fico pensando porque é que a vida é tão cruel com algumas pessoas. Porque é que pessoas que marcam e deixam saudade, pessoas que sentem uma atração enorme umas pelas outras se separam? Porque não ficam juntas para sempre como nos filmes de comédia romântica?

Eu tive esse amor que tudo consome. O amor do tipo “eu não posso acreditar que essa pessoa existe”. “Ela é o amor da minha vida”.

E se você tiver sorte, vai conhecer o amor da sua vida. Aquela pessoa que vai fazer você sair do eixo, delirar de ciúme. Vai ser a pessoa que vai dividir sua vida em: antes dela e depois dela. Você aprenderá com ela, dará tudo de si.

Mas nem sempre os dias são de sorrisos e nem sempre você vai encontrar alguém que realmente acredite nos seus sonhos, nos seus planos. Até que um dia, algo falará mais alto e suas vidas tomarão rumos diferentes. Ele porque sonha grande e quer uma vida movimentada e de sucesso. Ela porque sonha em ter filhos e casar em breve. E às vezes não há escolha. A melhor delas é deixar o outro ir.

É sempre aquela despedida não querendo ir. É não querer um fim, mas por desconhecer o sentimento do outro acaba tudo pra ver no que vai dar.

Daí, então, os sorrisos desaparecem e, de repente, aquela pessoa que você conhecia mais do que tudo, hoje não passa de um desconhecido na rua.

A decisão mais sensata é a de ver o outro feliz. E se o que faz o outro feliz não é mais ao seu lado, o que nos resta são apenas as lembranças. Uma lembrança que pode perdurar por toda a vida.

Às vezes, durante a sua vida, um cheiro te fará lembrar dele, uma música, uma frase, um texto. Guarde na memória esses momentos preciosos que te fizeram feliz. Ninguém precisa saber. Afinal, tenha certeza de uma coisa: não é porque vocês não estão mais juntos que ele não gosta mais de você, é que a vida tem dessas. E temos que estar firmes, a postos, pras rasteiras que a vida dá.

Me acompanhem no Instagram: @jorgerufino_


Jorge Rufino

Exagerado, confuso e extremamente intuitivo. Ama tempo frio, chuva, gatos, se apaixonar, não se apaixonar, já falei confuso? Lê gibis, sorrisos e corações partidos..
Saiba como escrever na obvious.
version 8/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Jorge Rufino
Site Meter