eulírico

Concepções do mundo

Naílle Conceição

The Beguiled 2016-A Sofia que amamos

What have you done to me?You vengeful bitches!


sofiaesuasgirls.jpg ***Uma resenha sobre trailer do novo filme da Sofia***

The Beguiled(1971),em português "O estranho que amamos ganhará um remake para este ano nas mãos de Sofia Coppola. O longa original foi dirigido por Don Siegel e contado sob o ponto de vista do soldado interpretado por Clint Eastwood. Como nos outros longas da diretora,este que marca seu retorno desde The Bling Ring(2013) trará o viés feminino da história, sobre garotas e mulheres que viviam isoladas em uma escola preparatória e viram suas rotinas abruptamente alteradas pela chegada de um soldado ferido que será interpretado por Collin Farrel.

40yearsoldboy.gif

Além dele,o elenco conta com Nicole Kidman,Elle Fanning e Kirsten Dunst,sendo as duas últimas habitués da diretora. Além de suas rotinas,esse homem irá mexer com sentimentos comuns e profundos das moças que ali vivem e despertar outros que elas sempre tiveram mas não sabiam ou nunca tinham sentido. Ao observar o trailer,é visto que Coppola continua com fotografia intimista e melancólica, que se adequa perfeitamente ao tom vintage do longa,com um adicional mais sombrio.

A luz solar remete ao dia e a juventude das alunas,encabeçada pela tão jovem e tão talentosa Elle,que contrasta com as sombras,presentes mesmo em ambientes internos bem iluminados e que poderiam personificar noite ou perigo,ou a tensão presente no local,seja por viver em tempos de guerra ou pelo fato de haver um homem na casa,algo que brada contra moral e bons costumes, aparentemente defendidos pela figura de Matha Frarnsworth,diretora da instituição,interpretada pela veterana e notável Kidman. Entre luz e escuridão está a romântica(?) professora Edwina de Dunst,que parece ser fácil de desvendar,mas,nunca se sabe...

tellingstories.jpg

Muita discussão gira em torno do filme,a começar por sua presença confirmada em Cannes,onde a diretora chegou a ser vaiada pois sua obra (Marie Antoinette,2006) não foi compreendida, sendo essa mais uma oportunidade de dar a volta por cima no tradicional festival francês. A tensão sexual trouxe questionamentos a cerca das idades de Farrel(40) e Fanning(18) em relação ao beijo que seus personagens trocam,além da suposta violência em que o personagem dele avançava para a Edwina de Dunst e ela não parecia,digamos, à vontade com a situação .

eitan.jpg

Por não ter assistido o filme original por motivos de 1:evitar spoilers; 2:além do ponto de vista,Sofia pode ter feito outras alterações. Não posso dar opiniões mais diretas sobre a primeira impressão que temos desse trabalho.Porém não é preciso ser nenhum xerolque rolmes para perceber que o relacionamento daquele homem com aquelas meninas/mulheres terá consequências sérias, dado o brado que ouvimos ao final do trailer e resume/pré define esse artigo.

Uma questão não tão agradável foi a notável faltas de negros nos filmes de Coppola.Nem como protagonistas nem coadjuvantes em algumas histórias onde eles facilmente poderiam estar incluídos interpretando arquétipos. Tudo bem que Maria Antonieta se passa na França pré revolução no coração da Europa,mas The Bling Ring,em Los Angeles,uma cidade tão moderna e cheia de vida não poderia ter nenhum afrodescendente com falas e personagem significativo?Apenas um?

No The Beguiled de 1971 há uma empregada negra no internato porém a diretora optou por retirá-la da história. Alguns alegam que ela não quis que sua primeira personagem negra fosse praticamente uma escrava,confirmando o viés racista. Como um crítico do Plano Crítico me disse uma vez,a carreira de Sofia é muito preoce para tirar qualquer conclusão que seja.Vamos esperar.

Com um trailer de apenas 01:46 minutos já causando tanto furor,fica difícil esperar até dezembro para assistir a obra completa e saber se as expectativas que estamos criando serão frustadas,superadas ou suficientes. Esperar é a palavra de ordem. Então eu digo,mal posso esperar pelo novo filme da Sofia.

namesa.jpg


version 4/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Naílle Conceição
Site Meter