eulírico

Concepções do mundo

Naílle Conceição

Um filme perfeito

Foi isso que eu achei quando terminei Moonrise Kingdom de Wes Anderson.


directorr22.png

Por onde começar?Ah,os enquadramentos de câmera, encantam pela simplicidade e precisão. São retos,geométricos, direto ao ponto sem tentar impressionar causando vertigem em quem assiste.

A história a ser contada é simples e até bobinha para quem é acostumado(a) com os O Homem Duplicado,Amnésia e Irreversível da vida.Um jovem casal que se conhece,se apaixona e decidem fugir juntos.Só isso?Sim.Mencionei o fato de que o amor deles é puro,forte e profundo?Que eles levam a sério as coisas confusas que estão sentindo?Que têm noção das consequências de seus atos em nome desse amor que importa mais do que tudo?Que eles só têm...Doze anos?

samesuzydescobertos.jpg

Sim,você leu certo.Sam e Suzy só têm doze anos. Mas não subestime o amor deles ou leve o filme tão à sério, posso adiantar que ninguém vai se matar aqui.Mas não posso mentir e dizer que tudo serão rosas,pois haverá uma adorável mutilação, bem fofinha e um pouco de sangue vindos de um ato de coragem.Para poucas(os). O fato da cidade toda ir atrás deles também é relevante,mas é melhor sair do enredo e voltar para a parte técnica antes que essa resenha se torne um punhado de spoilers em forma de poesia.

kisskiss.png A fotografia é arrasadora e não deve nada para a de outros longas do diretor,que trabalhou muito bem com as cores que serviram para sintonizar as emoções e o local.Falando em diretor,Anderson merece palmas por tirar tanta expressividade dos olhos e feições de seu riquíssimo elenco.Para que palavras se um olhar mais demorado e uma respiração calculada contam histórias e mais histórias por trás da narrativa de amor que já é contada?

Embalados por um trilha sonora tão especial que parece etérea,as cenas são dinâmicas sem atropelar o roteiro e tomam todo o tempo preciso para o desenvolvimento da história, com cada detalhe em seu lugar. A fuga dos clichês é um mérito em tempos de uma Hollywood tão saturada de remakes e continuações não tão necessárias (um beijo pra vocês Gilmore Girls) que até os pôsteres dos filmes seguem um padrão. Será que a criatividade foi exaurida?Moonrise e Wes dizem "não".

rrrun.jpg

Portanto eu o desafio a ver esse filme.Sentar no chão, sofá,cadeira ou cama e sentir esse filme,entrar na história, se surpreender hipnotizado e desejar que ele não acabe,querer entar na história e ser um dos personagens dela.E aí enquanto a maravilhosa música dos créditos finais toca e você organiza na cabeça tudo que viu vai se assustar.Acabou de testemunhar um filme perfeito.

asasasaawq.jpg


version 3/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Naílle Conceição
Site Meter