eulírico

Concepções do mundo

Naílle Conceição

As memórias de Marnie

Salvando para ser salva.


when-marnie-was-there-cinema-em-portugal.jpg

As memórias de Marnie (2014) é o último filme do estúdio Ghibli (por enquanto). Ele acompanha um pedaço decisivo da história de Anna, de apenas 12 anos de muita raiva, medo, solidão e asma. Por causa desse último problema, a “tia” da menina a envia para passar um tempo com parentes no litoral enquanto está confusa como abrir certas questões e feridas para a garota.

resenha-as-memorias-de-marnie-uma-licao-sobre-solidao-2.jpg

A menina Anna sofre por ser diferente, e a partir disso há uma identificação entre ela e o público. Seus olhos azuis (incomuns entre japoneses), dificuldades de socialização e isolamento transmitem sua angústia em não saber quem é e seu lugar no mundo. O sofrimento da personagem é palpável e tocante. Por isso nos sentimos tão aliviados quando ela conhece a personagem – título e inicia uma amizade com ela, mesmo Marnie sendo tão misteriosa e a constante presença de segredos que rodeiam o local onde ela vive.

aaana.jpg

Conforme a história e amizade das duas avança, percebemos que apesar de Marnie ser alegre e divertida,sua vida não é fácil e possui várias camadas, que a tornam uma personagem complexa e instigante. Ao comparar Anna e Marnie,precebe-se que o que as une são mais coisas do que elas imaginam, mesmo que não sejam as melhores coisas. Nisso,elas se completam,de certo modo, preenchendo vazios e necessidades,completando seus dias e fazendo com que aquelas férias se tornem inesquecíveis.

marniana.jpg

Saindo da história e entrando nos aspectos técnicos, o estúdio mostra nesse filme por que é tão aclamado até os dias de hoje. As paisagens são oníricas,remetem à pinturas e nos saltam aos olhos em cada frame. A trilha sonora é um achado,pontuada pela bela canção "Fine on the outside" de Priscilla Ahn,que com sua voz doce e estilo melancólico transmite exatamente os sentimentos das personagens e da história contada. A dublagem original também é um ponto a favor.

Talvez por sua finalização coincidir com o fechar de portas do estúdio, o filme acaba por contar a história dele próprio, com inicio e meio deslumbrantes e final apressado e decepcionante. Essa é a trajetória do longa, que entrega os segredos que sustentam os mistérios construídos durante a projeção em apenas uma cena e de maneira abrupta e simplória. A descoberta é impactante mas sua força não chega da mesma forma ao público devido ao modo como foi apresentada.

Mesmo assim,essa joia não deve passar despercebida conforme avançam os anos. Com o poder de encantar crianças e adultos, As memórias de Marnie não será lembrado apenas como o último filme do estúdio Ghibli, mas também como uma história encantadora.

imagemfinalmarnieeanna.jpg


version 1/s/// @obvious, @obvioushp //Naílle Conceição