exotopias digitais

Um mosaico de ideias em movimento no espaço digital.

Maira Penteado

Aspirante de jornalista. Amante da Cultura Italiana. Adoro porto Alegre. Ariana com Ascendente em Áries "vivo de amor profundo.".

Nada é por acaso: quando a música toca a alma...

Não foi por acaso que Nietzsche afirmou que “sem música a vida seria um erro”. É preciso ouvir música não apenas com ouvidos de consumidor, mas com a audição da alma. Conheça o trabalho do escritor, jornalista, fotógrafo, roteirista, músico e compositor Vinícius Colling, que une narrativa, poesia e um toque de espiritualidade.


vico1.jpg FOTO: Vinicius Colling

Conheci Vinicius Colling em 2002, pois trabalhávamos juntos na Universidade. Acabamos ficando amigos rapidamente e fizemos um curso de Reiki que adorei a experiência.

De lá pra cá, Vinícius já publicou alguns livros, um curta metragem e trabalhou como apresentador em um programa de Televisão Universitária. Gravou o CD Nada é por acaso, que é também nome de uma faixa de seu primeiro álbum.

Suas músicas são voltadas para um público que talvez não esteja ainda bem definido, mas acredito que a turma Hipster do Brasil irá curtir seu trabalho assim como eu. Não é porque sou sua amiga, mas se escrevo aqui é porque acredito que sua música sugere boas reflexões sobre amor, poesia entre outros sentimentos elevados que alimenta a alma quando se ouve.

Hoje é sábado. Acordei, tomei café e me lembrei de seu CD ouvi novamente com atenção a faixa nada é por acaso e não é que realmente nada nessa vida é por acaso como já cantou a conhecida Patrícia Marx, não querendo comparar dois estilos completamente diferentes, mas um trecho da música dela diz “nada nessa vida é por acaso, nada nessa vida é por querer...”.

A composição nada é por acaso é uma história romântica sobre acaso, amores, desejos e decisões, narrada em forma de melodia.

Sabe aquela música que você ouve e já fica imaginando possíveis cenas de televisão ou filme, por exemplo? Assim é essa obra musical.

Abaixo a letra de Nada é por acaso (Clique aqui pra ouvir)

“Ela acorda de manhã/Lava o seu rosto devagar/ Enxuga o olho/Que lacrimeja/E não há como esconder/ Seu corpo entrega seu amor/ E sua roupa/ Ainda está nela/ Ele caminha devagar/ pela sua rua sem parar/Buscando alguma coisa/ Que desculpe/ Ela, vai se encontrar/ Com ele no caminho/ Nada é por acaso/ Ele vai/ Só perceber/ Com medo de perder ela/ E nunca mais a ver/ Ele só vê uma solução/ Largar por ela a solidão/ Deixar que os dois sejam um/ Viver de perto o que sentiu/ O que sonhou o que se viu/ E o que os dois desejam.”

Em suma, ninguém tem domínio do destino, só o que é certo é que se nascemos um dia e alguma hora iremos abandonar esse mundo terreno e nunca saberemos quando será. Por isso é melhor levar esse “Tao” do destino numa boa buscando leveza pra alma e deixar acontecer....

Afinal, nada é por acaso e o que for pra ser seu encontrará um caminho até você. Outro dia uma amiga querida me disse “Tudo que buscamos, também está nos buscando”.


Maira Penteado

Aspirante de jornalista. Amante da Cultura Italiana. Adoro porto Alegre. Ariana com Ascendente em Áries "vivo de amor profundo."..
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 2/s/musica// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Maira Penteado
Site Meter