fatos fantasiosos

Porque todo filme é baseado em fantasias

Lina Campos

Lina não sabe falar "tablet" sem colocar um "l" na primeira sílaba. Ama todo o entretenimento, cães e rapazes de lábios grossos.

The Ridiculous Six

Netflix deu aval para Adam Sandler. E olha no que deu


“The Ridiculous Six” marca o primeiro de quatro filmes que a empresa de serviço de streaming contratou com Adam Sandler. No filme, o branco criado por índios Tommy “Faca Branca” Stockburn (Sandler, que parecia estar com sono quando falava), recebe a visita de seu pai, o fora-da-lei Frank Stockburn (Nick Nolte) que logo é sequestrado por Cicero (Danny Trejo). O valor do resgate é de 50 mil dólares, que Frank tinha roubado do bando de Cicero.

443790.jpg

Na busca pela grana, Faca Branca percorre o velho oeste e dá de cara com seus cinco ridículos irmãos por parte de pai: o mexicano Ramon (Rob Schneider), o “negro” Chico (Terry Crews), o mudo Herm (Jorge Garcia), o retardado Lil’ Pete (Taylor Lautner, que isso não afunde a sua carreira) e o beberrão Danny (Luke Wilson). Os seis se reúnem para roubar dos caras maus em uma série de cenas em que são mostradas as habilidades sobre-humanas de bofão de Faca Branca, lembrando o personagem principal de “Zohan, o agente bom de corte”. Ao que parece, Sandler zoa a todos, menos ele mesmo.

the-ridiculous-six-1024x427.png

A tentativa de paródia de "The Ridiculous Six" (no caso, "Sete homens e um destino", de 1960 e, ainda, coincidindo com a vinda do faroeste de Tarantino “Os oito odiados”) é uma sequência de piadas de mau gosto e de todos os istas possíveis: com fezes, sexo, pênis, estereótipos, etnias, etc. Até tinham índios nativos americanos no elenco, mas eles abandonaram a produção em protesto de como eram representados. A explicação dada é que o longa deveria mesmo ser “ridículo”. As mulheres quase não têm participação no filme. Quando aparecem, ou são prostitutas ou são índias com nomes pejorativos e que precisam ser salvas. E, também, colocaram no meio da história, sem anacronismo nenhum, Abner Doubleday, tido erroneamente como inventor do baseball. Wyatt Earp, o xerife mais famoso do velho-oeste, um Mark Twain cheio de swag, o presidente Abraham Lincoln...assim, tudo ao mesmo tempo.

23458383.jpg

Nem mesmo o elenco que ainda reúne Dan Aykroyd, Jon Lovitz, Steve Zahn, John Turturro, Vanilla Ice, Blake Shelton, Whitney Cummings, Steve Buscemi e outros, nem o fato de ser exibido em 4K, salva o filme do roteiro ruim. São 119 minutos de perda de tempo. Fazer o público não era um compromisso dos roteiristas, no caso o próprio Sandler com Tim Herlighy.

Os atores em questão ou não tinham nada a perder, ou tinham contas para pagar. O que se espera é que, depois da péssima recepção mundo afora, melhorem a pegada. O segundo filme do contrato Sandler – Netflix, o “The Do-over,” está em fase de pós-produção. Que não seja um fiasco como “The ridiculous six”, que já é tido como o pior filme original do canal de streaming e da carreira de Sandler. Tem coisas mais legais para se assistir no Netflix.


Lina Campos

Lina não sabe falar "tablet" sem colocar um "l" na primeira sílaba. Ama todo o entretenimento, cães e rapazes de lábios grossos. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Lina Campos