fechada para balanço

Ler para Viver , Viver para Ler...

Mirian Gomes

ADVOGADA por profissão, ESCRITORA por paixão, MÃE por missão e FELIZ por opção!

Enfim só!

Quando um relacionamento acaba de quem é a culpa? Dele que te traiu ou sua que se iludiu?


caminhar-sozinha.jpg

Não, ela não tinha ideia de como seria agora.

Foram muitos anos de um relacionamento intenso – com todos os altos e baixos de uma relação vivida por quem nasceu abaixo da linha do Equador e sente pulsar nas veias as batidas do coração.

Mas da noite para o dia, o príncipe virou sapo. O amor e o desejo deram lugar à repugnância, ao asco, a uma repulsa capaz de contrair involuntariamente sua face, apenas ao ver na tela do celular a foto do dito cujo.

O que aconteceu? De quem é a culpa?

A essa altura a culpa já tinha tomado uma forma etérea. Sim, ele traiu. Viveu paralelamente uma relação intensa, emoldurada na mentira, na farsa e no egoísmo. Mas ela também se sentia culpada.

Não a culpa cristã formulada sobre a lei da causa e efeito.

Carregava consigo a culpa de ter permitido se iludir.

De ter criado fantasias mesmo quando a verdade se apresentava nua e crua a sua frente. Por ter se conformado em carregar o peso da carga social aceitando todas as humilhações, os xingamentos, as inúmeras vezes que ele tentou transformá-la num ser inferior, para conseguir suportar a insuportável insegurança que o consumia.

Por tudo isso tinha medo de seguir adiante. Como encarar a vida agora? Como acordar para mais um dia? Como olhar para o futuro sozinha?

Todos esses questionamentos lhe perturbavam.

A essa altura, já não sofria pelo que aconteceu, mas não se conformava com a ideia de ter perdido a ilusão.

Afinal, de tudo que suportou, esta era sua verdadeira perda - dolorosa, sofrida e insuportável.


Mirian Gomes

ADVOGADA por profissão, ESCRITORA por paixão, MÃE por missão e FELIZ por opção!.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/literatura// @obvious //Mirian Gomes