força oculta

uma viagem ao infinito

Adriana Socoloski

Ao papel atribuo a confiança e a caneta o dom de registrar... Escrever é necessário assim como respirar.

O teatro como fator primordial na construção do pensamento humano

O teatro ao contrário das superproduções de Hollywood, não tem um grande elenco, não conta com atores que estão no auge da fama, apenas em sua simplicidade defende o sentimento em sua mais pura essência, é escrito e pensados por pessoas que querem atingir todos os públicos. Nos palcos da vida “eu” sou o ator/ espectador de minha própria peça.


jpg

Uma obra que destaca-se por sua extrema importância para o teatro como agente que contribui ativamente para a construção do pensamento humano é o Teatro do Oprimido de Augusto Boal. A presente obra é fundamentada no conceito de que todas as pessoas são teatro, independente se de fato “façam” teatro. “Ser” teatro e “fazer” teatro são termos muito próximos, mas com sentido extremamente diferentes. “Fazer” teatro adequa-se como profissão, é aquele indivíduo que tira seu sustento dos palcos, no entanto “ser” teatro é ser humano, é aquele que transporta dentro de si mesmo o ator e também o espectador.

Nos palcos da vida “eu” sou o ator/ espectador de minha própria peça. Em um diálogo, o indivíduo que esta falando esta realizando uma ação, está atuando, ou seja, ele é o ator, mas também esta ouvindo suas próprias palavras, então ele também é seu próprio espectador, no entanto está igualmente pronunciando um discurso por ele elaborado, deste modo também torna-se o escritor de sua peça. Então cada pessoa é por si própria tudo o que existe dentro do teatro.

No momento em que o ator “empresta” seu corpo ao personagem que esta disposto a dramatizar, quem passa a viver não é mais o ator e sim o personagem, as palavras, o figurino, os movimentos corporais, o caráter, a personalidade e todas as demais características são do personagem, o ator torna-se um marionete operante obedecendo de forma precisa e satisfatória o que diz o texto da peça.

Consoante à visão do teatro como fator altamente influente na formação do pensamento humano, constata-se desde sua origem grega até a contemporaneidade que as palavras têm o poder da mudança, podem tanto representar um troféu como uma arma, isso depende da forma como é introduzida á sociedade, ou até mesmo á forma como é compreendida. O teatro vale-se muito da palavra, bem como de seu poder influenciador, serve-nos como um exemplo bem clichê os filmes e novelas, onde o direito, o domínio, o poder da decisão pertence sempre ao mais forte e dominante.

O ser humano tem uma capacidade inata de reproduzir, Voltando as origens, aprende a falar ouvindo outra pessoa falar, aprender a andar repetindo o mesmo processo dos seus semelhantes, aprende a ler e a escrever na maioria das vezes também de forma mecânica. O ato da repetição não se vale apenas das primeiras lições que o indivíduo aprende logo após seu nascimento ou em seus primeiros anos de vida, a repetição tende a ser algo que acompanhará o ser humano no decorrer de toda a sua vida. Se ele tiver bons exemplos tendera a repeti-los, no entanto se tiver maus, infelizmente a tendência será a mesma.

Boal leva-nos a refletir sobre as possibilidades de mudanças sociais que podem ser executadas a partir de iniciativas de pessoas verdadeiramente comprometidas com a humanidade. Vê-se com clareza que a cada dia que passa parece que os valores éticos que embasam a sociedade como uns todos vão dissolvendo-se, são tantos crimes e manifestações exercidas ou influenciadas por malfeitores, que “alguns” já dizem que o mundo “se perdeu”, vale ressaltar que nem tudo esta perdido, ao menos não se agirmos logo, uma forma criativa e eficaz para esta tão dita ”transformação” que enquadra-se mais em “conscientização” esta fluentemente presente nas artes cênicas, o poder que o teatro exerce em moldar pensamentos e transformar vidas é realmente muito grande.

O teatro ao contrário das superproduções de Hollywood, não tem um grande elenco, não conta com atores que estão no auge da fama, apenas em sua simplicidade defende o sentimento em sua mais pura essência, é escrito e pensados por pessoas que querem atingir todos os públicos. O teatro indagado por Boal, é simples e maturo, é vida em relação e produção, molda as boas condutas e reintegra o velho ao novo em um mistura almejada pelos cidadão éticos.


Adriana Socoloski

Ao papel atribuo a confiança e a caneta o dom de registrar... Escrever é necessário assim como respirar. .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //Adriana Socoloski