Geane Martins

Maranhense, graduada em Letras, canceriana e eterna aprendiz da vida. Amante de vinhos, papos fora do normal, da arte e da poesia em todas as suas formas. Escreve ao amor, ao ser. Adora petrificar momentos não vividos num simples poema.

DESTINO

Por mais que isso pareça um texto clichê, certas pessoas estão destinadas a cruzarem os caminhos e a se amarem para sempre. Pode não ser na primeira vez, nem na segunda ou terceira, mas em algum momento estarão juntos. É a vida. É a hora certa, o momento exato. É a sua procura. É a permanência do outro. É o gosto parecido, a risada intercalada que se completa à distância. É a vida rindo de você e te mostrando coisas que só quem conhece a eternidade do amor entenderia.


DESTINO.jpg

Diante dessa nossa correria diária, acabamos esquecendo de toda essa imensidão que nos cerca e da galáxia que nos observa lá de cima. Sou devota de uma teoria que diz que cada ser humano só é capaz de amar verdadeiramente apenas uma vez. Sabe aquela pessoa que, não importa quanto tempo passe, continua a te causar frio na barriga ou nervosismo? Pois é, sinto informar, mas talvez esta seja a sua pessoa, aquela que todo mundo tem. Pode até parecer besteira, mas sim, eu acredito em destino, acredito que nada acontece por acaso e que ninguém entra em nossas vidas sem um bom motivo: se não for para rimar os corpos, que seja ao menos os sorrisos. É aquela velha história "duas linhas não se cruzam a toa". Por mais que isso pareça um texto clichê, certas pessoas estão destinadas a cruzarem os caminhos e a se amarem para sempre. Pode não ser na primeira vez, nem na segunda ou terceira, mas em algum momento estarão juntos. É a vida. É a hora certa, o momento exato. É a sua procura. É a permanência do outro. É o gosto parecido, a risada intercalada que se completa à distância. É a vida rindo de você e te mostrando coisas que só quem conhece a eternidade do amor entenderia. É o destino apresentando mais uma vez a sua canção, e você apenas dança conforme a banda tocar.


Geane Martins

Maranhense, graduada em Letras, canceriana e eterna aprendiz da vida. Amante de vinhos, papos fora do normal, da arte e da poesia em todas as suas formas. Escreve ao amor, ao ser. Adora petrificar momentos não vividos num simples poema. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/// //Geane Martins