há mar e mar

Reflexões de uma comunicóloga “meloucómica”.

Marlene Babo

Sou a Mar, para os amigos. Divorciada do Direito, numa relação séria com a Comunicação. Comunicóloga “meloucómica”, criadora de neologismos em dicionário próprio, com um cão chamado Kafka que me observa - ou apenas ressona - enquanto escrevo.

  • quimicos-laboratorio-fotografía.jpg
    À espera da revelação: somos todos fotografias

    Somos tal e qual um filme fotográfico. Somos, aliás, fotografias. A luz é essencial e depois, escuridão. Acções e reacções. É tudo um processo, como na revelação do analógico. Uma viagem pelo nosso laboratório privado!

  • C'est arrivé près de chez vous .jpg
    Manual de Instruções para um filme nada banal

    “Manual de Instruções para Crimes Banais” (1992) é um falso documentário repleto de humor negro, ao qual é impossível ficar indiferente. Crime, violência, sensacionalismo dos média, voyeurismo: alguns dos ingredientes deste filme - amado por uns, odiado por outros - que, após 24 anos, continua na lista das obras de culto do cinema.

  • Kriegsenkel_e.V._Herbsttagung_2014.jpg
    Empatia não é simpatia – e precisa-se!

    Empatia, simpatia e compaixão: é fácil de confundir, não é? Mas não são a mesma coisa. Nos maus momentos, não bastam sorrisos educados e palmadas no ombro; a empatia implica entrar no mundo de alguém e deixá-lo entrar no nosso, através da mais íntima e profunda partilha da dor. Não queremos piedade, queremos conexão. Quem se atreve a fazer a diferença?