horizonte de eventos

De onde dizem que nem mesmo a luz consegue escapar...

Alexandre Beluco

Engenheiro, pesquisador, professor universitário. Especialista em energias renováveis. Apaixonado por motores de dois tempos

o morgan aero - um design retrô sobre tecnologia moderna

A Morgan é uma fabricante inglesa de automóveis esportivos que não parece disposta a estabelecer tendências em design, já que seu principal modelo é produzido praticamente sem alterações há quase 80 anos. Mesmo assim, é um sucesso! E uma edição modernizada desse clássico, o Aero, mantendo o mesmo design “antiquado”, foi concebido como um moderno super esportivo.


A Morgan é uma fabricante inglesa de automóveis esportivos fundada no início do século XX e ainda sob o controle da família fundadora. É um dos últimos remanescentes da indústria automobilística britânica que não foi ainda vendido para grandes grupos estrangeiros. No início, produziu alguns modelos variados, principalmente triciclos, mas logo se estabeleceu como fabricante de modelos esportivos. Atualmente, oferece um três-rodas esportivo, alguns modelos de um esportivo tradicional e um super esportivo moderno. O design do seu principal produto não sofreu alterações significativas desde 1936. Mesmo assim, a Morgan Motor Company atualmente impõe aos seus clientes uma fila de espera de aproximadamente um ano. E seus clientes nem têm motivos para reclamar, já que até não muito tempo atrás essa lista chegava a dez anos. Dez anos!

Entre os seus modelos, o 3-Wheeler foi lançado em 2011. Os primeiros modelos da Morgan haviam sido três-rodas, com duas rodas a frente, principalmente pelo gosto de seu fundador. Os primeiros três-rodas produzidos fizeram sucesso em competições e contribuíram para a boa reputação da marca no mercado da época. Entretanto, esses veículos acabaram perdendo espaço para outros esportivos. Atualmente, eles escapam dos impostos mais altos que incidem sobre os esportivos tradicionais na Grã Bretanha e podem ser registrados como motocicletas nos Estados Unidos e essas vantagens vêm garantindo o sucesso de vendas desse modelo. Havia uma certa expectativa de que o 3-Wheeler recebesse um motor V2 da Harley Davidson, mas a opção recaiu sobre um motor da S&S norte-americana. Há rumores de que será lançada em breve uma versão com motor elétrico.

O principal modelo de catálogo foi concebido ainda no início dos anos 30 e assumiu sua forma quase definitiva em 1936, sofrendo nas décadas seguintes apenas pequenas correções de maquiagem e permanecendo com seu design básico inalterado até os dias atuais. As variantes desse modelo são tratados como trads e são oferecidos atualmente em quatro versões diferentes: o 4/4, o Plus 4, o Roadster e o Plus 8. Uma lenda conta que os Morgan são construídos com chassis de madeira, mas a verdade é que chassis e carroceria são metálicos com alguns componentes em madeira, compondo um conjunto estável e voltado para uma experiência superior de condução esportiva. Seus componentes foram sendo modernizados ao longo do tempo e atualmente cumprem com todas as exigências de segurança dos mercados europeu e norte-americano, além de também cumpŕirem exigências embientais.

Morgan_Roadster_(2013)_-_Rallye_des_Princesses_2014_2.jpg Um Morgan Roadster de 2013 participando de um rally na Europa.

A partir desse modelo tradicional, foi concebido um moderno super esportivo, apresentado em 2000, o Aero. Ele mantém uma forte semelhança com os trads mas é um super esportivo. Ele já foi oferecido em algumas versões diferentes, sempre com pequenas variações sobre o design básico. A versão que parece fazer mais sucesso é a versão roadster, mas há ainda versões cupê e targa.

1024px-Customer_cars_awaiting_depatch_-_Flickr_-_exfordy_(3).jpg Um Morgan AeroMax de 2009.

O design é baseado em um corpo principal em forma de casco de barco, como os carros das primeiras décadas do século XX. Esta forma de casco apresenta boas características aerodinâmicas, inclusive quando comparada com a concepção dos outros super esportivos. À frente do corpo principal está o radiador do motor, muito parecido com o radiador dos trads, colocado em posição frontal.

Um longo e afilado cofre de motor, também dentro da tradição dos "calhambeques", já que no primórdios do automobilismo os motores com vários cilindros em linha (seis, oito e às vezes dez ou mesmo doze) eram muito comuns. E um parabrisas plano e largo, já que também nos primórdios não havia tecnologia que permitisse construir parabrisas curvos e inclinados. E três pequenos limpadores!!!

Um largo paralamas seguido de um largo estribo garantem as vantagens aerodinâmicas da carroceria em forma de casco de barco. Saídas de ar logo após as rodas dianteiras, ainda nos paralamas, contribuem na dissipação do calor liberado pelo motor. As portas abrem no sentido convencional, mas se abrissem no sentido contrário, como se fossem "suicidas", não destoariam do conjunto.

2009_Morgan_Aero_Max_(15635598685).jpg A traseira de um Morgan AeroMax de 2009.

Uma das versões era não conversível com uma traseira que se diferenciava dos trads e se mostra bastante arrojada, com a tampa do "portamalas" partida em duas partes longitudinais, lembrando uma rara versão do Corvette dos anos 60, o Stingray. A parte final da carroceria se afunila, finalizando a forma de casco e ressaltando os paralamas traseiros, onde estão alojadas as sinaleiras.

Morgan_Aero_Coupé_and_Morgan_Aero_Supersport.jpeg As traseiras de um Morgan Aero Coupe e de um Morgan Aero SuperSport no Salão de Genebra de 2013.

As traseiras do Coupe e do SuperSport se diferenciam do AeroMax por uma janela traseira com vidro vertical e pequeno, com um entorno desenhado para manter as características aerodinâmicas do conjunto traseiro da carroceria. Essa janela se aproxima do design típico das versões hardtop de roadsters clássicos ingleses. As sinaleiras acompanham o desenho das extremidades dos paralamas.

1024px-Morgan_Aero_8_(Cream).jpg Um Morgan Aero 8 de 2011.

As versões roadster são as que permanecem a maior parte do tempo em produção e são as versões que justamente apresentam as maiores variações de estilo, dentro é claro desse minimalismo típico dos Morgan. As versões targa também são oferecidas eventualmente, porque os esportivos combinam com dias ensolarados. As versões hardtop costumam ser especiais, com tiragens limitadas.

Finalizando, apenas reproduzindo um comentário feito pelo próprio fabricante acerca de suas criações... seus esportivos são como "lobo em pele de cordeiro". Enfim, um design que sofreu poucas modificações ao longo das décadas mas uma tendência interessante de acompanhar os melhoramentos tecnológicos. Na verdade, um design atemporal sintonizado com os avanços tecnológicos.


Alexandre Beluco

Engenheiro, pesquisador, professor universitário. Especialista em energias renováveis. Apaixonado por motores de dois tempos.
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/design// @obvious, @obvioushp //Alexandre Beluco
Site Meter