imagens e palavras

REFLEXÕES SOBRE LITERATURA E CINEMA

Fernanda Villas Boas

COMO VIVER NO TRAPÉZIO?

Como viver no trapézio? O movimento solto no ar pode te levar à lona ou à morte. Assim são certas relações amorosas que não sabem terminar e já levam á queda, ao suspense, à infelicidade de viver.


imagesCA3VC969.jpg

Eu estranho o ar Estranho a dor incorporada E o ódio...de súbito ver tudo tão claro Sonhei, pensei...dei todo o tempo da eternidade. Parei até de escrever. Era aquela pessoa vendo TV sem falar, sem trocar, sem dizer nada. Gênio ruim. Depois veio a traição. O medo, o susto. Ohhh perdoo.. eu sinto remorsos.. eu acreditei. Voltou a querê-lo com mais intensidade.. era como um vendaval que leva tudo você sabe que já derrubou tudo mas quer segurar aquele corpo que está caindo corpo azul , cheio de adornos. E o corpo fica na tua mão Feito um trapézio no teu coração Quer que ele saia Quer se jogar nos seus braços E pedir calada e triste Me ame. Me ame, por favor não faça isso comigo É cruel.. E o amado, não diz nada. Você se agita, se ajeita, sofre. Porque o amado ainda está no teu espírito. Vês nele o que tens de melhor em você. Não consegues separar dentro da poeira dos avisos sombrios Suas mãos, suores, tremores daquele corpo E o corpo fica te olhando, te vendo espernear Feito tonta, boba, desesperada. Os minutos se fazem anos Você finge fingir que nada dói Você finge o fim E se vinga no momento exato. Quero a exatidão de um só momento. emocao[1].jpg

Primeiro você não quis. Foi embora. Depois eu pedi. Depois você se fez rei e eu ajoelhei Depois o vento não soprou. E o momento quente e inquieto me disse- vá embora. Você foi. E voltou cínico. Você não era mais quem .. você era uma construção falsa do meu pensamento. Você ia rindo, feliz da vida, fazendo suas leis Até eu tirar tua força. Porque ela era minha. ....

iii[1].jpg


version 1/s/literatura// //Fernanda Villas Boas