imagens e palavras

REFLEXÕES SOBRE LITERATURA E CINEMA

Fernanda Villas Boas

SENHOR ESTAGIÁRIO: O VELHO SÁBIO

Robert De Niro é Ben Whittaker, um viúvo de 70 anos que descobre que a aposentadoria não é bem como imaginava. Buscando uma oportunidade de voltar à ativa, ele se torna estagiário sênior de um site de moda criado e administrado por Jules Ostin.


um-senhor-estagiario.jpg

Jules Ostin (Anne Hathaway) é a criadora de um bem-sucedido site de venda de roupas que, apesar de ter apenas 18 meses, já tem mais de duas centenas de funcionários. Ela leva uma vida bastante atarefada, devido às exigências do cargo e ao fato de gostar de manter contato com o público. Quando sua empresa inicia um projeto de contratar idosos como estagiários, em uma tentativa de colocá-los de volta ao trabalho, há uma transformação entre os funcionários que após um estranhamento, se adaptam ao novo colega, Ben,( Robert de Niro) de 70 anos que vê no estágio uma oportunidade de sair do vazio em que se encontra. O filme é construído do ponto de vista da jovem Jules, que ainda insegura, é mãe de uma menina saudável e opta por deixar o marido como baby sitter para sustentar a família, uma vez que seu salário é top. O que acontece, com ela, como uma mulher de negócios, é uma carga de responsabilidade enorme que aos poucos revela a dificuldade que as mulheres enfrentam quando se dedicam integralmente à vida profissional.

estagiario jpg.jpg

A questão fica mais clara quando ela teme ter Ben como seu estagiário por considerá-lo um senhor observador o suficiente para ver suas falhas e tropeços. Jules se defende da presença de Ben e o menospreza, não aceitando em princípio sua capacidade intelectual nem prática. Enquanto Ben,está bem adequado na empresa e aos poucos vai se tornando uma espécie de conselheiro-psicólogo da turma jovem. Os rapazes trocam segredos, pedem conselhos e se tornam seus fãs. Dentro de um tom de comédia, o filme mostra os preconceitos com o idoso, as curiosidades do que um homem de 70 anos tem a acrescentar a uma empresa moderna que almeja enriquecer a custo zero. Todos são bem estressados e a marca do capitalismo está evidente nas entrelinhas, quando ninguém tem tempo, a palavra preciosa de que se abre mão para ser bem sucedido. É esta tênue diferença entre um ex- funcionário de 70 anos que trabalhara a vida inteira naquela fábrica antes da renovação, e sua disciplina, seu senso de organização, horários, atenção e capacidade cognitiva de mudar e ajudar a jovem, não tão poderosa, Jules, que de tanto rejeitá-lo, cai em si ao perceber que seu desprezo é um mecanismo de defesa `para não suavizar seu cotidiano, para aprender a compartilhar suas fraquezas, o fracasso no casamento, a falta de fome e de sono e a constante corrida para o sucesso.

estagiario e jules(27).jpg

Durante as semanas como estagiário, Bem cresce aos nossos olhos, como um homem que não só sabe muito sobre administração, como não perdeu sua capacidade de amar e namorar uma senhora massagista com classe e um lencinho que leva para as “ damas” quando estas precisarem chorar. Os conceitos antigos misturados com os modernos nos leva a questionar se vale à pena apenas trabalhar loucamente em nome de uma empresa, deixando para segundo plano, família, amor e tempo para viver. Nesse conflito, Jules vai se humanizando e se torna vulnerável o suficiente para uma aproximação gradativa de Bem, que se torna seu melhor amigo, companheiro de viagens,conselheiro sábio cheio de ternura e experiência. Assim, o senhor estagiário é o Velho Sábio que a sociedade tende a menosprezar, uma vez que corta os laços e as possibilidades de convivência tão necessárias a estes homens que têm muito a nos ensinar por sua sabedoria e consciência de emoções, inseguranças e egos inflados. Esta é a mensagem do Senhor Estagiário. Se podemos aprender com os mais velhos, porque estamos deixando-os morrer desprezados e solitários?

estagiaro final (27).jpg


version 4/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Fernanda Villas Boas