imagens e palavras

REFLEXÕES SOBRE LITERATURA E CINEMA

Fernanda Villas Boas

ESTÁ TUDO SILENCIADO

Filme alemão, Alles Ist Gut, "Está tudo certo" dirigido por Eva Trobisch relata com detalhes o estupro de uma jovem e o seu estado psicológico simbolizado pelo silêncio machista depois do crime.


está-tudo-certo.jpg-9.jpg

Está tudo certo, filme alemão, dirigido por Eva Trobish 2019 da Netflix. O tema do estupro tem sido abordado por variados viezes. Neste filme alemão dirigido por ma mujlher, traz o olhar feminino sobre a reação feminina depois de um estupro..... E lançado pela Netflix, o ponto de vista é feminino. E nos confunde, durante o processo, a valentia, da mulher jovem, que depois de uma festa, chega em sua casa com o cunhado do chefe. Ela , quer dormir. Ela força sua passagem e vai agredindo, mudos os dois. Ela cai. Ele vem em cima, ela não reage. Está fraca. Diz apenas, uma frase que é a chave do estupro?: “ Acabou?”

está tudo certo 2.jpg Essa cena irá marcar com core4s fortes o desenvolvimento do filme. Ellen, não quer sentir a necessidade de dizer ao mundo que foi violentada. Nem para o melhor amigo. Assim como, nem para sua mãe. Ela quer ser acima de sua sexualidade. E este orgulho , esta superioriedade, estamos vendo em muitos países. Mexer com o sexo, com o mistério sagrado do gozo, é violentar um corpo que não quer se submeter a esta invasão. A única reação de Ellen é o silêncio e o trabalho. Tenta superar o trauma, sem precisar se abrir, gritar aos sete cantos que machucaram sua sexualidade, sem seu consentimento e ele deixou acontecer com raiva. Este é um dos aspectos do estupro mais simbolizado na cultura ocidental. Sempre me ocorre uma pergunta grave. Para que as mulheres guardam este tabu sobre seus corpos, sobre seu desejo? Ainda existem muitas mulheres que preferem guardar segredo sobre este incident, que na verdade é um crime. A meu ver, impera a filosofia machista em sujas mentes. Isso precisa ser revertido. A rigor, ela não deveria ter permitido nada. E a partir deste estupro, se torna insegura, sem o comando de sua fala.

está  tudo certo.jpg O filme mostra a força da sociedade e sua hipocrisia, ou seja, se Ellen falasse, tudo seria diferente e a lei a protegeria. Todos saberiam de um crime. Mas, seu silêncio é falso, dói, e a torna uma alienada, parada no trem, cuja passagem não comprou. A leitura desta postura congelada, é um surto psicótico. De uma mulher que não soube falar a favor de si mesma. O feminino submisso ao chefe, à mãe, ao amigo. Então, ela não soube lidar com a brutalidade de invadirem sua sexualidade com violência e primor. Nem toda sua soberba, a leva a nada. Nem o quanto finge, mente e se vê grávida. Faz um aborto e ainda fala com o estuprador. Há uma banalização da mulher-corpo, da mulher-muda.Talvez, um fato que necessita de uma grande evolução por parte do pensamento machista tanto nos homens como nas mulheres. Quando conseguiremos? Thumbnail image for está tudo certo 2.jpg


version 86/s/cinema// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Fernanda Villas Boas