inconvencional

Tudo depende do ângulo

Michelle Cruz

Em formação na escola da vida, uma artista-arteira, e também, comunicóloga. Fazendo da sua vida uma obra-prima, falando da vida e do mundo que a influencia

SCTP: Santa moda e empreendedorismo

Criar uma marca em uma estrutura pequena, personalizada e autentica pode se chamar de milagre. É essa mistura que faz da "Santa Costura de Todos Panos" uma marca tão original, única e encantadora. É exemplo de empreendedorismo e moda bem sucedido no Brasil.


SCTP logo1.jpg Site da marca

Pode parecer discurso religioso dizer que “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”, como diz em Eclesiaste 3, na Bíblia. E é verdade! A história de Gabrielle Meirelles, estilista da marca Santa Costura de Todos os Panos é realmente admirável. A forma como ela desenvolve a marca, escolhe o tema das coleções e integra sua equipe de trabalho. É como um milagre! Entendendo que milagre é a união da providência divina com muita dedicação do ser humano. Afinal, nada cai do céu! É preciso persistência e muito amor pelo que faz para criar algo novo, e socialmente, fazer alguma diferença positiva no meio em que se vive.

Gabrielle sempre foi criativa, só não imaginava qual seria seu futuro. Poderia ser sucessora da empresa dos pais, que tem uma indústria de cabos de aço. Os pais da Gabrielle, Vitalmiro e Cristina, são o exemplo de empreendedorismo para ela. Das três filhas que o casal teve Gabrielle foi quem despontou com seu próprio negócio. Entre as três filhas do casal ela sempre foi a mais ousada.

Antes de criar a marca, trabalhou em loja de decoração, teve seu próprio negócio no ramo de decoração. Trabalhou com vendas em loja de roupas. Gabrielle teve ricas experiências, em diferentes funções das que ela se encontra realizada. Sempre esteve aberta a conhecer o novo, tirar suas próprias conclusões. Como forma de aprendizado, crescimento profissional e pessoal.

Ela sempre teve habilidade com trabalhos manuais. E percebendo sua paixão por moda decidiu cursar Estilismo e Coordenação de Moda, no Senac. E ao término do curso tinha a sua primeira coleção feita, com poucas peças e uma grande conquista.

Em busca de um emprego, ela recebeu o convite para trabalhar em uma confecção de roupas. Na época ela tinha um estilo marcante, destacando suas peças com muitas cores e estampas. Isso fez com que ela tivesse dúvidas quanto a seguir um caminho diferente ao qual ela tinha como certo. Pois, o padrão da confecção era bem diferente do que ela estava acostumada, era mais sóbrio. Mesmo em dúvida, arriscou conhecer o novo!

Na experiência como gerente de produção ela era responsável por gerenciar os processos da confecção: compra de tecidos, modelagem, corte, costura e manter a equipe motivada. A experiência que causava dúvida a estilista foi uma das que mais colaborou no seu crescimento profissional.

E em 2006 ela se viu pronta para abrir seu próprio negócio. Na época ela se uniu a duas amigas e criou a "Santa Costura de Todos os Panos". Após alguns meses, as duas amigas decidiram tomar caminhos diferentes. E Gabrielle continuou perseverante com o desenvolvimento da sua marca.

E na busca de fortalecer a marca a estilista desenvolveu um conceito Contemporâneo, Básico e Incomum. Além de criar peças de modelagem única, que valorizam a mulher, oferecendo conforto. Ela também cria a estamparia da marca. Uma façanha que poucas marcas, em início de carreira, tem condições de desenvolver em pequena escala. E ela e sua equipe conseguem!

Na criação das estampas, a Gabrielle trabalha em conjunto com uma designer gráfica, a Natália. Nessa etapa a designer desenvolve as ideias, criando estampas únicas. E dando continuidade ao processo, a Silvania que é responsável pela produção das peças, trabalha na modelagem das peças criadas pela Gabrielle. E no comercial e redes sociais, contam com a Cris e a Raquel.

Como todo bom empreendedor, Gabrielle se importa com o meio em que vive para criar suas coleções. E busca inspiração no cenário brasileiro. Como exemplo a coleção Primavera/Verão 2014 teve como tema "Raízes", que valorizou as raízes indígenas brasileiras. O catálogo da coleção tem belíssimas fotos em clima de floresta.

SCTP 3.jpg Fonte: Site da marca Coleção "Raízes" Primavera/Verão 2014

Um outro ponto que faz com que a marca seja mais especial para as clientes, durante o lançamento das temporadas, em que a equipe apresenta como a coleção foi definida. Explicam como as peças poderão ser usadas. E quem participa dos eventos consegue entender melhor a proposta da marca e como as peças podem se adequar a diferentes formatos de corpo.

O país tropical encanta! E é repleto de pessoas encantadoras, criativas, com habilidades únicas, inovadoras e apaixonadas pela vida. E como exemplo disso, a marca feminina Santa Costura de Todos os Panos está sempre empenhada em realizar sonhos e criar moda com originalidade.

Gabrielle de forma ousada, tirando suas próprias conclusões, analisando a realidade a sua volta e imprimindo essas imagens e conceitos em sua marca criou a SCTP. Ela teve muitas dúvidas até ter seu negócio funcionando. E nunca desistiu! O que sempre importou para ela foi a fé de que tudo estava no caminho certo, que na hora certa tudo aconteceria, e ela realmente está fazendo algo que é a sua paixão.

O Brasil é moda, em todos sentidos. É muito importante a valorização da mulher e da cultura do Brasil. Isso é divino! É a "Santa Costura de Todos os Panos"!


Michelle Cruz

Em formação na escola da vida, uma artista-arteira, e também, comunicóloga. Fazendo da sua vida uma obra-prima, falando da vida e do mundo que a influencia.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/design// //Michelle Cruz
Site Meter