infinito saber

Em busca do conhecimento do ser nas trilhas da vida...

Daniela Castro

Interessada no conhecimento do ser, repleto de detalhes e suaves toques que nos cercam por aí..

A SIMPLICIDADE DA RUA

Podemos nos perguntar: temos observado as ruas ao caminhar? Seus traços, seus tamanhos e suas cores? Ou, na pressa em que vivemos, temos deixado seu brilho de lado?


street-629773_640.jpg

A rua. Um lugar interessante a se observar. De cimento, de terra, de pedra. Abaixo do céu azul, cinzento ou escuro, ela está. Quantas pessoas passam por lá? Às vezes, nunca mais irão passar. Talvez, seja um trajeto específico que sempre temos que seguir. As árvores nascem e morrem ali. As flores surgem com seus brotos, exalam o seu perfume e se vão. As folhas secas caem das árvores. Lojas abrem, fecham. Prédios e casas construídas, demolidas. E pessoas passam ali para alcançarem o objetivo do dia, andam, correm, param.

Tudo isso na rua. A rua sente, sente a fragrância das pessoas que por ela transitam. Qualquer pessoa, com um toque especial.

A rua tem alma, como diria João do Rio, autor do livro “A alma encantadora das ruas”, um livro maravilhoso:

“A rua nasce, como o homem, do soluço, do espasmo. Há suor humano na argamassa do seu calçamento. Cada casa que se ergue é feita do esforço exaustivo de muitos seres... A rua sente nos nervos essa miséria da criação, e por isso é a mais igualitária, a mais socialista, a mais niveladora das obras humanas”.

street action-artists-313155_640.jpg

Podemos conhecer essas características. Faz parte de nós, do nosso dia-a-dia. Por quais ruas posso passar ou pretendo passar? Ou prefiro ficar no mesmo lugar?

Cada rua tem a sua essência, os seus animais, o seu público. Pessoas de diversas línguas andam por elas, pessoas com seus múltiplos pensamentos, pessoas desconhecidas, artistas, pessoas que tentam chamar a atenção, talvez para conseguir um pão.

A rua tem data de nascimento, aroma e energia.

Rua-se! Na sua simplicidade. E nesse caminhar, talvez nos encontremos por aí, um dia...


Daniela Castro

Interessada no conhecimento do ser, repleto de detalhes e suaves toques que nos cercam por aí...
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @obvious //Daniela Castro