AURICIO ARAUJO

Será que estamos em QUEDA LIVRE?


queda livre.jpg

Lançado em 2013 e com 1H e 40 Min o longa alemão Queda Livre traz para a tela uma questão a ser colocada na pauta: sexualidade.

O filme nos apresenta os personagens Marc e kay. Marc é casado, tem uma vida estável com a esposa e está prestes a ser pai de sua primeira filha, enquanto Kay é um amigo que ele conhece na academia de policia com quem pratica exercícios físicos e se escondem para fumar um baseado.

A grande problemática do filme é apresentado logo de inicio, sem muitos rodeios, Kay toma a iniciativa e beija Marc, a partir desse ponto inicia-se o grande conflito enfrentado por Marc, ele é tomado por uma avalanche de sentimentos perturbadores jamais esperados.

Marc começa a provar uma sensação nova e que não conhecia antes, se apaixonar por um homem. Sua vida com a família e a sua nova paixão começam a entrar em conflito e sair do controle até o momento em que ele percebe que não pode ficar entre esses dois mundos e ser feliz em ambos.

Tomando como base o conflito de Marc, é nesse ponto que a vida imita o vídeo, quantas pessoas não vivem esse embate de sentimentos assustadores que devastam tudo o que sempre acreditamos ser o certo.

O filme toca em um ponto delicado, falar de sexualidade incomoda não porque é uma “apologia gayzista”, mas sim por mexer na base da nossa estrutura social, na qual homens brancos e heteronormativos se apropriam a décadas e sem o menor escrúpulo. A sociedade é tão conservadora que não permite nem que as pessoas pensem em gêneros fluidos por exemplo.

Ao mostrar o conflito de Marc e Kay, a arte imita a vida, cenas de agressão recorrentes mostram o quanto a sociedade é conservadora e preconceituosa, o quanto o mundo se tornou um lugar intolerante, parece que não é permitido ser diferente, e é justamente nesse ponto que podemos refletir: será que não estamos em Queda Livre?

No fim das contas o que fica são as maravilhosas cenas de demonstração de carinho, amor e cumplicidade entre os personagens, e mais uma questão: estamos preparados para uma Queda Livre?

filme_queda_livre_1.jpg


version 1/s/cinema// @obvious, @obvioushp //AURICIO ARAUJO