janenitro esporádica invisibilidade

Histórias, memórias e insanidades que brincam de sumir e aparecer.

Geovana Martelo

Pessoa orientada pelo vento e pela maré. Sonha em pescar bacalhau na Noruega. Escreve como passatempo até chegar o grande dia.

O calor sobe pelas pernas

Poesia erótica e errática.


mulher com fera.jpg Ilustração: Aleksandra Waliszewska

O calor sobe pelas pernas e vai até o centro terminações nervosas acertadas em cheio

sulcos e fendas: caminhos encarquilhados de expansão e retração um mastro qualquer

profundo tenaz roliço (transitório)

no esfregar de coxas atrito um pau ardoroso enveredando-se em brenhas abrindo brechas usurpando fluidos a explodir a pele até implodir a alma.


Geovana Martelo

Pessoa orientada pelo vento e pela maré. Sonha em pescar bacalhau na Noruega. Escreve como passatempo até chegar o grande dia..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// @obvious //Geovana Martelo