lançando flechas

Diretamente da aljava do bloco de notas

Bruno Carlos

Paulistano, estudante de comunicação, apaixonado por artes em geral e esportes radicais. Do tipo que sonha acordado com facilidade, buscando de alguma forma melhorar sempre que volta pra realidade.

PESSOAS ESTRELAS E PESSOAS COMETAS

O ser humano na sua inconsciente genialidade e capacidade multiforme, pode ser ao mesmo tempo constante para uns e transitório para outros. Tudo depende do espaço o qual recebe pra ser, aliado também com aquilo que tem interesse em ser.


COMETAS.jpg

Existem alguns acontecimentos que desejamos que permaneçam pra sempre. Desde aqueles que são sinestésicos, como a alegria de um dia de aniversário ou o acordar numa manhã de natal; como também existem acontecimentos que foram feitos apenas pra serem curtidos em sua brevidade, sendo apreciados e não necessariamente trazendo consigo o desejo de ser pra sempre. Observados como o ir e vir majestoso do sol, um bebê brincando livremente, a paisagem mudando vista pela janela do carro durante uma viagem de férias... Todos proporcionando boas sensações, sejam com desejo de serem pra sempre ou apreciados de fato como momentâneos.

Bons acontecimentos e os sentimentos bons que eles proporcionam. Alguns que nos pegam de surpresa, do tipo: estar ouvindo o rádio enquanto faz qualquer coisa não tão importante e de repente aquela sua música preferida começa a tocar, fazendo você ignorar todo o resto se transportar pra alegria que ela te dá. Outros podem ser planejados, como a conquista de um bem material que exigiu esforço e disciplina pra trabalhar e economizar. Há inúmeros exemplos que poderiam ser colocados aqui pra ilustrar a boa sensação que os acontecimentos - sejam eles os mais naturais ou inusitados, trazidos pelo acaso ou planejadamente gerados - nos trazem ao longo da nossa trajetória.

Certa vez, escutei que existem dois tipos de pessoas com as quais vamos nos encontrar em nossa vida: pessoas estrelas e pessoas cometas.

As estrelas são aquelas que estão permanentes num determinado lugar. Como aponta a ciência da astrologia elas nascem e morrem, mas tem uma longa permanência e seu papel de astro é desempenhado em sua galáxia. Pessoas estrelas são aquela fixas em nossa vida. Os pontos de luz que podemos sempre contar que lá estão para compor o mapa que precisamos. Ainda que por algum momento circunstâncias se coloquem entre nos e essas estrelas como nuvens, lá estão as estrelas sempre em seu lugar brilhando e cumprindo seu papel. É como aquele amigo(a) que pode até não aparecer todos os dias, mas tem sempre o mesmo numero de telefone, está sempre online ou em poucos minutos aparece para compor o cenário da sua vida sempre que você precisar. Pode ser também a família que faz com que sua casa seja um lar, pois é um lugar pra onde você pode sempre ir e encontrar suas estrelas presentes.

Existem também as pessoas cometas. São um acontecimento artístico no céu. Aquelas que aparecem, roubam a cena, cativam totalmente a sua atenção por serem um acontecimento único. Não vem pra ficar, mas cumprem seu papel proporcionando o que o destino designou. Pessoas cometas são aquelas que trazem consigo intensidade, pois só acontecem uma vez e logo se esvaem por ai, pela galáxia da vida. Não deixam de existir, apenas continuam sua trajetória veloz e vão acontecer em outro lugar. Podem parecer fugazes, mas o que fazem conquista espaço e em seu flash momentâneo promovem aquilo que pode ser uma lembrança pro resto da vida.

Acredito que uma não é melhor que a outra, todas proporcionam seus acontecimentos positivos. Uma de forma constante como um ponto fixo no céu pra qual você pode sempre olhar e contar, outra passageira, como um presente pra mudar o cenário tornando a vida um pouco diferente do normal e em sua singularidade acrescentar e deixar historias pra contar. O ser humano na sua inconsciente genialidade e capacidade multiforme, pode ser ao mesmo tempo constante para uns e transitório para outros. Tudo depende do espaço o qual recebe pra ser, aliado também com aquilo que tem interesse em ser.

Acho que vale o exercício de pensar qual dos exemplos nos cabe mais. Estrela ou Cometa? Quem são esses em nossas vidas e qual nos somos na vida dos que nos concedem um espaço em seus céus? Pra quem sou um e pra quem sou outro? Nosso repertório é composto pela soma de acontecimentos e a maioria deles vem dessas estrelas e cometas que povoam nosso céu.

"Aqueles que passam por nós não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós." - Antoine de Saint-Exupéry. (O Pequeno Príncipe)


Bruno Carlos

Paulistano, estudante de comunicação, apaixonado por artes em geral e esportes radicais. Do tipo que sonha acordado com facilidade, buscando de alguma forma melhorar sempre que volta pra realidade. .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Bruno Carlos