libertÉ

Seu pequeno oásis secreto

Isabela Alcântara

Escritora e aspirante à estilista. Sonhadora profissional e realizadora trainee dos mesmos.
Contato: [email protected]

CUIDADO: ESSE ARTIGO POSSUI A REALIDADE

Tudo que você tem medo de ouvir sobre a sua vida.


moda1.jpg Editora-chefe da revista Vogue, Anna Wintour e diretor-chefe e diretor-criativo da Chanel (entre outras marcas), Karl Lagerfeld. Duas pessoas bem sucedidas que não tiveram medo de se arriscar e sair de sua zona de conforto atrás de suas metas.

Por que é tão difícil de fato viver? Não viver de respirar, mas de fazer nossa história valer a pena? Preferimos sonhar e sonhar... E continuar sonhando, e nunca fazer nada para transformar sonhos em metas. Trabalhar em algo que dá dinheiro e nunca estar totalmente feliz, porque não é ali que você queria estar. Estamos tão acostumados em nossa zona de conforto que aceitamos a vida como ela está, mesmo quando não estamos satisfeitas com ela. Por que não se arriscar? Por que não fazer sua vida digna de um filme, e não mais uma vida apenas “adequada” como a maioria das pessoas tem?

Quem nunca olhou alguma rede social de alguma celebridade e desejou ter a vida dela que atire a primeira pedra. Quem fez isso e continuou olhando o resto de suas redes sociais como sempre faz, que atire o Grand Canyon inteiro. Por que da mesma proporção que essa geração (e atrevo dizer até a anterior) gasta mais seu tempo sonhando em ser alguém ou pertencer à alguém, do que se tornando alguém? Vou dar à vocês um spoiler (aviso do que irá acontecer) mais chocante que o final de Breaking Bad: a vida é difícil. Mas não é impossível, nunca. Os baixos da nossa trajetória fazem parte do aperfeiçoamento dela. As pessoas mais “vida perfeita” que vemos pelo mundo das celebridades são as que mais passaram e passam por dificuldades, mas duvido que nenhuma delas ache que tudo aquilo não valeu a pena, afinal, eles atingiram suas metas.

Ou vocês acham que ficar deitado o dia inteiro stalkeando pessoas bem-sucedidas não é uma total garantia de que você está a salvo e não passará por maus momentos?

Claro que é, mas é uma vida tão chata. Já assistiram algum filme biográfico sem momentos de tensão?

Então.

handz.jpg Essas são suas mãos? Ainda não? Então aguarde.

As gerações passadas também passavam e ainda passam por esse mesmo conflito interno. A única diferença é que em sua juventude não tinham essa abrangência de comunicação e conteúdo como essa geração tem hoje em dia. O conforto que os adultos têm em seus ternos cinzas e saias lápis xadrez, presos em escritórios com janelas em que a vista maravilhosa é de prédios com mais pessoas estando em um lugar onde acham que não deveriam estar. Se aposentam depois de eras fazendo o que era confortável, mas não realizando seus sonhos e chegam na velhice pensando “Agora vou viver a vida que sempre quis!” Mas a saúde e o tempo restante complicam o processo. E pra que deixar a realização de coisas que podem ser resolvidas hoje? HOJE (não comecem a cantar aquela música da Ludmilla, por favor, ou deixem o site imediatamente) por que não hoje? Por que tem que ser amanhã? Amanhã vai virar o amanhã do amanhã e do amanhã de novo. E depois de você terminar esse texto, até possa dar uma vontade de mudar sua vida, claro.

...Mas você vai deixar isso pra amanhã, não é mesmo?

alice.jpg Tic tac tic tac, você está atrasado

Fácil é falar, difícil é fazer. Não é bem assim, fácil é criar desculpas para não se esforçar atrás do que realmente queremos. Até poderia citar milhares de exemplos de pessoas com históricos antes de seu auge em que ninguém acreditaria naquelas pessoas, nem elas mesmas acreditariam. Pessoas com problemas reais e não “probleminhas de primeiro mundo” que convivemos todo dia. “A tela do meu celular quebrou, odeio minha vida!” “Trânsito horrível, queria sumir do mundo.” Wow, que problemão hein? Imagina quem não tinha o que comer, onde estudar, e em quem se espelhar pra uma vida melhor, e adivinhem quem hoje está vivendo seus sonhos enquanto vocês continuam na mesma mesmice que sua vida sempre foi? Esse é o objetivo da vida de vocês? Nascer como um nada e morrer como um Zé-ruela? Se sim, meus parabéns, você está no caminho certo.

lupi.jpg Atriz Lupita Nyong’o recebendo seu Oscar pela atuação no drama “12 anos de Escravidão”, a primeira atriz mexicana e queniana a vencer na categoria e uma das maiores representantes dos direitos negros atuais "Quando eu olho para essa estátua dourada, espero que isso lembre todas as crianças pequenas que, não importa de onde você é, seus sonhos são válidos", Declarou a atriz em seu discurso de agradecimento do Oscar lembrando sua complicada jornada, e de que mesmo sendo difícil, tudo é possível.

Isso não é uma ordem do que se fazer e muito menos um texto de autoajuda. É a vida real. A vida real que agora pode estar assim, mas sem um esforço nunca vai mudar. Um grande clichê que é a mais pura verdade já dita. Mas afinal, quem sou eu pra dizer tudo isso? Apenas uma pessoa que tem sonhos, passou a ser alguém que tem metas, e já está realizando algumas delas (como escrever nesse site maravilhoso)e ainda tenho milhares para realizar, porém não quero que só eu tenha essa visão que concluí nos últimos meses, e sim todas as pessoas que têm sonhos, dos mais insanos que pareçam, e corram atrás, não sejam mais um no meio da multidão, existem mais de 7 bilhões de pessoas no planeta, será você alguém em que todos irão lembrar, ou só mais um que morrerá sem fazer alguma diferença? A escolha é sua.


Isabela Alcântara

Escritora e aspirante à estilista. Sonhadora profissional e realizadora trainee dos mesmos. Contato: [email protected]
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Isabela Alcântara