lições de partir

É preciso partir para buscar ser inteiro outra vez. E é essa busca que reparto por aqui.

Wal Reis

Jornalista, geradora de conteúdos editoriais, especialista em fazer 54 coisas ao mesmo tempo, incluindo escrever sobre o que realmente me importa. Procuro retratar nos meus textos a contramão da história, o lado menos óbvio e politicamente incorreto, aquele que mais se aproxima da realidade. Confira minha página "Em Outras Palavras", no Fabebook: https://www.facebook.com/porWalReis/

A quem interessar possa

Decreta-se que o amor permanecerá mesmo quando nenhuma permanência for possível.


alone-2297211_1920.jpg

Fica decretado que você vai pensar em mim em todas as luas. Nas noites de calor e também naquelas acabrunhadas, quando ruas vazias, frio e a garoa já são um convite nominal para a melancolia.

Estipula-se que todas as músicas, inclusive as não compostas, contarão um pedaço da nossa história, assim como os filmes, os poemas e os romances.

Determina-se que seremos o último pensamento um do outro antes do sono vencer e o primeiro da manhã seguinte, apenas para lembrar que existe uma razão, ainda que distante, para começar o dia.

Estabelece-se que as pedras do caminho terão formato de coração, da mesma forma que as folhas das árvores e o guardanapo dobrado aleatoriamente em cima da mesa. E não importa que ninguém veja a similaridade.

Ordena-se que um perfume familiar chegue até você sempre que a ideia de esquecer se avizinhar. Dispõe-se que, em ocasiões como essas, seus ouvidos captarão alguma frase com minha assinatura por outras vozes, recordando nossas conversas alongadas, multifacetadas e cheias de risos.

Institui-se o abraço invisível, quando a vontade de parar for mais forte. Designa-se que lembranças e sonhos dividam o mesmo espaço até se confundirem para sempre. E que para sempre nossas mãos sigam atadas, independente das rotas distintas que trilharmos.


Wal Reis

Jornalista, geradora de conteúdos editoriais, especialista em fazer 54 coisas ao mesmo tempo, incluindo escrever sobre o que realmente me importa. Procuro retratar nos meus textos a contramão da história, o lado menos óbvio e politicamente incorreto, aquele que mais se aproxima da realidade. Confira minha página "Em Outras Palavras", no Fabebook: https://www.facebook.com/porWalReis/ .
Saiba como escrever na obvious.
version 27/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Wal Reis