lq literatura quadrangular

1 - Ler; 2 - Refletir; 3 - Provocar; 4 - Discutir. Literatura e artes afins.

ALBERTO NANNINI

São-paulino, notívago e bom garfo, adora discutir religião, futebol e política, e acredita que a Literatura, em suas diversas formas, pode causar tanto ou mais enlevamento que rituais religiosos. Seu e-mail de contato é [email protected]

  • work-stress-title-image_tcm7-212368.jpg
    Under Pressure

    Um conto sobre pressão e punições autoinflingidas, e sobre vozes internas e externas oferecendo alívio e entendimento.

  • obs-abs-12.jpg
    A lição das abelhas torradas

    O que abelhas torradas podem nos ensinar? Talvez seja necessário largar o comportamento padrão vigente em todas as colmeias para descobrir.

  • porao_ditadura.jpg
    ALGUMA COISA ESTÁ DENTRO DA NOVA ORDEM MUNDIAL

    “Eu vejo o futuro repetir o passado/ Eu vejo um museu de grandes novidades...” O que vem acontecendo no Brasil ultimamente, no contexto político-social, desafia qualquer senso. O conto que se segue aventa sobre um futuro próximo (fictício? possível?), e mostra que mesmo os piores prognósticos não surpreendem mais.

  • superacion1.jpg
    Justiça à Meritocracia

    O que é a meritocracia? Seria um sistema justo de reconhecimento de esforços ou uma desculpa para perpetuação de injustiças? Talvez seja necessário refletir sobre quais são suas possibilidades, e quais têm sido suas aplicações.

  • vanderlei_padre_e_pira.jpg
    Olimpíadas da superação no país da superação: até quando?

    Olimpíadas e suas histórias: favoritos que falham na hora H, atletas que ganham contra todos os prognósticos. Sempre podemos contar com a superação dos nossos atletas. Superação, aliás, é nosso sobrenome. Mas será que isso é bom?

  • 1186px-Children_in_Sydney_slums,_mainly_Surry_Hills,_Woolloomooloo,_Redfern,_1949_by_Ted_Hood_(6054103083).jpg
    Memórias de infância(s) fabulosas

    Quais eram suas brincadeiras especiais quando criança? Enfrentar monstros imaginários, desvendar crimes de mentirinha... E se não fossem brincadeira? E se a magia do olhar da criança fosse a maneira certa de ver o mundo? Neil Gaiman brinca com estas e outras premissas em "O Oceano no fim do caminho".

  • Thumbnail image for girls_rock_boys_shocked_dailymotion_com.jpg
    Papo de macho para macho

    Parece que ninguém mais entende o que é ser macho, não é? Daqueles que viram o pescoço para todas as mulheres, e que mal e mal controlam o que têm dentro das calças. Mas hoje nada mais é permitido, e você se sente engaiolado como um animal. Eu sei o porquê, e vou te mandar um papo reto. De macho para macho.

  • AILLEURS.jpg
    Receberemos visitantes da Quinta Dimensão?

    Nosso conhecimento é sempre inquietantemente provisório. Mas sempre aprendemos com os visionários, nas ciências e nas artes, que olham muito à frente de seu tempo, e nos deixam obras riquíssimas em analogias e interpretações. Como o livro "Planolândia".

  • Living_Art_Statues_Sydney_Art_Gallery_NSW_(9014174057).jpg
    Edyr Augusto – O maestro e o balé rubro

    A violência fascina, hipnotiza. Nas artes, onde a olhamos em segurança, por vezes aparece rude, gratuita. Mas há aqueles que, como regentes, compõem toda uma sinfonia para que ela apareça e desfile, natural e irrefreável. Edyr Augusto, escritor paraense (ainda) pouco conhecido, é um destes 'maestros' que você precisa conhecer.

  • 483px-Antennae_Galaxies_reloaded.jpg
    O deus inexperiente e sintonizadores

    Não estaria a autoajuda estigmatizada? Será que uma coletânea de chavões é tudo que ela pode oferecer? Em algumas obras, pode haver respostas (ou pelo menos teorias interessantes) para questões como a razão da vida e o caráter da divindade. Talvez dependa da disposição e do momento de quem lê. Porque palavras cheias de ruído e estática para alguns podem soar claríssimas para você, dependendo da sua sintonia. E trazer revelações.

Site Meter