luciana landim

Devaneiador

LUCIANA LANDIM

Talvez a gente precise de Temer

Precisamos de Temer, não porque ele nos represente, mas porque ele representa o que não queremos mais na política brasileira.


Veja você, eu não fui a rua pra pedir o Impeachment. Eu achei aquilo tudo muito confuso, e a cada matéria que lia, ou relia, mais confusas as informações ficavam. Eu também não pedi pra Dilma ficar. Porque sabe, sei lá, tava tudo tão estranho e eu nem achava isso ou aquilo dela. E na moral, ela também não me representa.

A coisa tava toda tão bagunçada, e as redes cheias de opiniões tortas, que qualquer pessoa em sã consciência haveria de esperar pra bradar qualquer tipo de bandeira ou grito de guerra. Mas aí vieram as imagens das ruas tomadas de pensamentos no mínimo, curiosos. Vieram as notícias do jornal, as fotos, Lava Jato voando, gente sendo presa, uma falsa ilusão de resolução.

temer-dilma-840x539.jpg

O dólar caindo a cada possibilidade de que a Dilma caísse, aquela cena da votação no Senado que se não te deu vergonha, deu nojo!O povo bradando nomes de juízes, de militares, de pessoas de boa índole, de má índole. E talvez eu esteja assistindo a muitos filmes, mas tudo aquilo continuou me parecendo muito, muito estranho.

Veja, tá difícil acreditar em um país melhor, com as vozes do preconceito ecoando a cada esquina. Tá difícil acreditar em uma melhora significativa na política, porque esse ou aquele representante foi afastado. Porque parece pra nós, que a luta contra a corrupção é contra Hidras gigantes, onde a cada cabeça cortada, aparecem mais duas.

E a conclusão a que chego, é que precisamos de Temer. Precisamos sim, da sua cara de tacho, das suas decisões econômicas "afiadas", dos seus cortes nos benefícios dos trabalhadores, de retrocessos nas leis, de cancelamento de benefício.

Precisamos de Temer, pra começar a temer o que está por vir. Pra começar a entender que as nossas decisões equivocadas, descompassadas, solitárias, não vão nos levar a uma solução, e sim a mais Dilmas, mais Aécios, mais Temers.

Chamber_of_Deputies_of_Brazil_2.jpg

Não acho que o Brasil vá se unir numa voz só e cantar em coro o nome do novo presidente. Essa pessoa, nem existe. Acho também que a divergência é boa, e que trás boas discussões, ainda que acaloradas e inflamadas. Ela é boa, porque é boa. Boa pra democracia, boa pra vida em sociedade.

Mas precisamos de Temer pra sentir a alfinetada do que não estamos vendo. O conluio de pessoas que não sabemos o nome, de gente que entra e sai da política sem que façamos ideia. Precisamos ouvir o sussurro desses gabinetes apinhados de gente maluca e despreparada. São eles, que articulam e falam por nós.

Temer, Cunha, Dilma, Lula.. são só a superfície de um mar profundo e cheio de predadores. O que me preocupa é que enquanto nos digladiamos em apontar os erros e as incoerências dos outros, possamos estar perdendo a oportunidade de mergulhar de submarino nessa fauna corrupta que se aglomera nos anais da política brasileira.


version 1/s/sociedade// @obvious //LUCIANA LANDIM
Site Meter