mensagem da garrafa

Reflete o pensamento e o trabalho do Prof. Edgard Falcão

Edgard Falcão

Engenheiro, executivo, professor, palestrante, pesquisador... Amante de viagens fora de estrada, música raiz e da natureza.

Também Woodstock...

O Festival de Woodstock aconteceu há 47 anos...
A reflexão nessa visão está em se ressaltar a harmonia social levada a níveis jamais observados, a atitude das pessoas focada no compartilhar concretizando um retrato comportamental único na história recente do homem.
Muitos festivais vieram depois, mas nenhum até o momento, se comparou ao que foi chamado oficialmente de Woodstock Music & Art Fair e mundialmente conhecido por Festival de Woodstock...!


woodstock-1920x765.jpg

Houve um momento, no incontrolável contar do tempo, entre 15 e 18 de agosto de 1969, que meio milhão de pessoas aprenderam e ensinaram para os que depois vieram uma preciosa lição.

Aconteceu naqueles dias o primeiro e único encontro de música onde, de fato, todos se sentiram livres. E a assunção dessa liberdade decorreu das restrições que cada um foi obrigado a impingir a si em prol de outros pois disso dependeu a sobrevivência de todos.

Woods.jpg

Michael Lang, produtor musical e proprietário de uma loja de objetos de decoração dedicada a contracultura dos anos 60 e seu amigo Artie Kornfeld, músico, entusiasta e grande negociador, responderam a um anúncio que dizia "Jovens com capital ilimitado buscam oportunidades de investimento legítimas, interessantes e propostas de negócios". Desta forma foram apoiados financeiramente por John Roberts, herdeiro da Polydent/Polygrip (adesivos para dentaduras) e Joel Rosenman , judeu e advogado de sucesso em NY.

Juntos sonharam com um festival de música que poderia ser um marco. Buscaram alterar em forma e cadência os festivais da época se contrapondo, por exemplo, ao famoso Monterey Pop Festival, realizado em 1967 na Califórnia.

Foram muitos os problemas na execução do projeto, mudança de local, recusa de músicos, construção da capilaridade na venda de ingressos, entre outros. Tudo foi passo a passo resolvido pelos empreendedores que não tinham ainda a ideia exata do que estavam criando. Até esse momento a preocupação era com o sucesso do evento que poderia ser concretizado no retorno do investimento que estava sendo feito.

Depois de várias negociações e recusas o festival foi marcado para ser realizado nas terras (cerca de 242 ha) do fazendeiro Max Ysgur, um homem que acreditava firmemente na liberdade de expressão e assim enfrentou uma cidade, Bethel, onde nunca mais foi bem-vindo.

o-lendario-festival-de-woodstock-aconteceu-entre-os-dias-15-a-18-de-agosto-de-1969-em-uma-fazenda-na-cidade-de-bethel-ny-eua-ate-os-dias-de-hoje-e-lembrado-como-um-dos-maiores-even.jpg

Discursou em 17 de agosto de 1969 no palco de Woodstock:

“Eu sou um fazendeiro. Não sei falar para um grupo de vinte pessoas, quanto mais para uma multidão como essa. Mas eu acho que vocês provaram algo ao mundo, não apenas à cidade de Bethel, ou ao Condado de Sullivan ou ao estado de Nova Iorque; vocês provaram algo ao mundo inteiro. Esta é a maior multidão que já se reuniu em algum lugar. Nós não tinhamos idéia da quantidade de gente que acabou vindo para cá e por causa disso vocês tiveram algumas necessidades como falta de água e comida. Os seus produtores tiveram um trabalho colossal para cuidar de vocês e de tudo por aqui e eles apreciariam o seu muito obrigado. Mas acima disso, vocês provaram ao mundo que meio milhão de meninos - e eu os chamo de meninos porque tenho filhos mais velhos que vocês - meio milhão de jovens podem reunir-se e ter três dias de diversão e música, e mais nada além de diversão e música. Deus os abençoe por isso! “

Morreu em 1973 aos 53 anos depois de haver negociado a fazenda cerca de um ano e meio antes.

1.jpg

Os ingressos foram vendidos em lojas de discos e outros comércios na área metropolitana de Nova York além de criarem uma caixa postal para venda à distância pelo correio. Os esforços reunidos permitiram a venda antecipada de 186.000 ingressos para um público estimado de 200.000 pessoas.

Esse resultado os deixou felizes, mas sem a ideia exata do que viria a acontecer.

De fato, a realidade ficou bem distante disso. Mais de meio milhão de pessoas foram ao festival, derrubando cercas e assim o evento se tornou gratuito...

2.jpg

Congestionamentos foram imensos bloquearam estradas havia gente por todos os lados, transformando Bethel em uma eventual área de calamidade pública. O caos poderia estar se instaurando.

A chuva veio forte, as instalações não garantiam o saneamento ou os primeiros socorros para tanta gente, houve racionamento de comida e dificuldades com as condições mínimas de higiene.

3.jpg

As pessoas entenderam onde estavam e demonstraram como nunca que a solidariedade muda cenários e previsões.

A atuação do Sr. Max Ysgur foi decisiva, distribuindo agua de graça, engarrafada na fazenda em garrafas de leite, distribuiu queijo entre outros produtos de sua fazenda. Motivou outros fazendeiros a fazerem o mesmo.

Ao invés do caos a possível ordem foi instaurada e o objeto pelo qual ali estavam, a música, foi a estrela e a cerne da história contada pelos fatos.

4.jpg

O festival foi pacífico pois diante das condições envolvidas houve somente duas fatalidades uma devido a overdose de heroína e outra decorrente de um atropelamento de trator. Houve ainda dois partos um dentro de um carro no congestionamento, outro em um helicóptero e registrou-se quatro abortos.

Destacaram-se no festival entre muitos outros, Joan Baez, John Sebastian, Carlos Santana, Creedence Clearwater Revival, Janis Joplin, The Who, Joe Cooker, Johnny Winter, Jimi Hendrix... é inegável, e a literatura é farta no evidenciar a qualidade musical excepcional naqueles dias exibida.

A reflexão nessa visão está em se ressaltar a harmonia social levada a níveis jamais observados, a atitude das pessoas focada no compartilhar concretizando um retrato comportamental único na história recente do homem.

5.jpg

Muitos festivais vieram depois, mas nenhum até o momento, se comparou ao que foi chamado oficialmente de Woodstock Music & Art Fair e mundialmente conhecido por Festival de Woodstock...!


Edgard Falcão

Engenheiro, executivo, professor, palestrante, pesquisador... Amante de viagens fora de estrada, música raiz e da natureza. .
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/sociedade// @obvious, @obvioushp //Edgard Falcão