migalhas filosófias

Um pouco de filosofia e reflexão

Hugo Honorato

  • epicuro3.jpg
    Felicidade: buscar o prazer e fugir à dor, simples assim

    A felicidade é apenas um sentimento. Ela vem e passa. Sentí-la é o nosso objetivo e ela não está distante. Basta ter um novo olhar para ela... e aí, descobrimos que ela está muito próxima.

  • temor-e-tremor-soren-kierkegaardyt.jpg
    Dever fazer e dever conhecer na ótica de Kierkegaard

    O agir, para Kierkegaard, tem um peso muito maior que o conhecer. O desafio para o homem que vive em um mundo que lhe cobra escolhas e decisões, é saber o que deve fazer e não o que deve conhecer, “salvo na medida em que o conhecimento preceda sempre a ação”, adverte Kierkegaard.

  • galeano3.png
    O dia que durou vinte e um anos

    O documentário do diretor Camilo Tavares, “O Dia que durou 21 anos”, revela de forma assutadora a influência dos EUA na derrubada do governo de João Goulart em 1964. Imperdível documentário para quem acredita que conhecer a história evita cometer erros pretéritos.

  • conforto.jpg
    Mundo sustentável requer mudança de atitudes

    Estamos acostumados com toda a tecnologia criada para nos proporcionar uma vida mais longa e confortável. Todavia, urge agora repensarmos este estilo de vida, de consumo exagerado, de desperdício irresponsável, de falta de consciência com nossa casa-mãe.

  • livro2.jpg
    Dez livros que mudaram minha vida

    Gosto da frase: “O melhor amigo do homem é o livro”. É através dele que viajo por lugares até então desconhecidos e inóspitos. Seus autores me são generosos em compartilhar comigo sua sapiência, sua experiência, seus sentimentos. Apresento dez livros que mudaram minha maneira de ver o mundo e outros que corroboraram com ela. Poderia apresentar vários, mas por enquanto me limito a esses que me entorpeceram de vida e de espanto com a vida. A arte da literatura: como poderei viver sem ela?

  • fernando.jpg
    Dói-me a vida

    Dostoiévski descobre que quando a vida nos dá outra chance, acorda e percebe que a contingência reina no mundo da existência humana.

  • papa.jpg
    O Papa e a globalização da indiferença

    A indiferença do mundo em relação às catástrofes humanas, tornam-se cada vez mais uma forma globalizada deste já tão grande canteiro da individualidade.

  • mao.png
    Homossexualidade: opção ou condição?

    Quando criança sempre me fazia essas perguntas: “Por que nasci nesta família?; Por que sou branco?; Por que sou pobre? Sem querer ser simplista, todavia, usando a forma peculiar do personagem de Ariano Suassuna, a resposta que dou hoje é: “Porque sim!

  • seastrom-em-morangos.jpg
    Bergman e as armadilhas da vida na obra Morangos Silvestres

    O drama de Ingmar Bergman é o drama de nossas vidas. Há tempo para o perdão, para o conviver, para sair da solidão existencial?

  • ba.jpg
    A morte como o aperceber-se da vida na obra de Tolstoi

    O filósofo alemão Schopenhauer em sua obra a Metafísica da Morte nos revela que é a morte o gênio inspirador, a musa da filosofia. Ele acreditava que sem ela, dificilmente o homem teria filosofado. Tolstoi ao escrever a morte de Ivan Ilitch, nos remete inevitavelmente a refletir sobre nossa finitude e o sentido da vida.

Site Meter