ministério das letras

Visionário às ocultas

Profeta do Arauto



Nem início e nem fim: milimetricamente, no meio. A medida exata dos covardes, indiferentes e medrosos. Família, leis e as sociedades não permitem as inconveniências dos pensantes e as rebeldias dos revolucionários. Nesses termos, igualdade sempre

A Gênese das Artes e Ideias

Deus criou o Anjo de luz. Na primeira piscadela, na primeira displicência, no primeiro vacilo do Criador, quem era anjo, se fez diabo!


Com o passar do tempo:

Deus criou a costela carnuda e apetitosa de Adão, o diabo criou o amargor da maça;

diabo e o anjio.jpg

Deus criou o pênis, o diabo criou a vagina;

Deus criou o espermatozóide, o diabo criou o ovário;

Deus criou o amor platônico, o diabo criou a fricção, o bate-e-volta, as cabeçadas do pecado;

Deus criou o trabalho, o diabo criou a política;

Deus criou as ideias, o diabo criou as artes;

Deus criou a cultura, a leitura e a escrita, o diabo criou a televisão, o tel. celular, a tecnologia e os sensacionalismos;

Deus criou a imagem e semelhança, o diabo criou a máquina fotográfica, o espelho e as selfies;

Deus criou a transparência e a clareza, o diabo criou o ofuscamento e a traição;

Deus criou o pássaro, o diabo criou a víbora;

Deus criou a limpeza, o diabo criou a sujeira;

Deus criou a gratidão, o diabo criou falsidade;

Deus criou a reflexão, o diabo criou o alarido;

artes.jpg

Deus criou a filosofia, o diabo criou a psicologia;

Deus criou a celulose, o diabo criou os diplomas e títulos;

Deus criou os sonhos, o diabo criou os pesadelos e a depressão;

Deus criou o diálogo, o diabo criou a força bruta;

Deus criou a botânica, o diabo criou as drogas alucinógenas e sintéticas;

arte4.jpg

Deus criou as pétalas, o diabo criou os espinhos;

Deus criou os caminhos e estradas, o diabo criou os atalhos;

Deus criou as dificuldades, o diabo criou as facilidades;

Deus criou a igualdade, o diabo criou o conhecimento;

Deus criou o altruísmo desprendido, o diabo criou os oportunismos;

Deus criou a refrigeração, o diabo criou o Aquecimento Global;

Deus criou a regeneração celular, o diabo criou os cânceres;

Deus criou o bom, o diabo criou o ruim;

Deus criou a ditadura da retidão, o diabo criou a democracia relaxada;

Deus criou o dever, o diabo criou as leis e o Direito;

Deus criou o construtor, o diabo criou o invasor;

Deus criou o não, o diabo criou o sim;

Deus criou o bem, o diabo criou o mal;

Deus criou a inventidade, o diabo criou a Publicidade, Propaganda e Marqueting;

eike.jpg

Deus criou a verdade, o diabo criou a mentira e o charlatanismo;

Deus criou o mel; o diabo criou o fel;

Deus criou a paz, o diabo criou a guerra;

Deus criou a saúde, o diabo criou a doença;

catarata.jpg

Deus criou a visão, o diabo criou a cegueira;

Deus criou a honestidade, o diabo criou o ladrão e o corrupto;

Deus criou a harmonia, o diabo criou a revolução;

Deus criou a racionalidade, o diabo criou a emoção;

Deus criou o lazer, o diabo criou os jogos e profissionalizou os esportes;

Deus criou a água, o diabo criou o fogo;

Deus criou a simplicidade, o diabo criou as manias e estrelismos;

Deus criou a humildade, o diabo criou o ego;

Deus criou a saciedade, o diabo criou a miséria;

fome 1.jpg

Deus criou o estudo da vida, o diabo criou o mimetismo surreal;

Deus criou a sinceridade, o diabo criou a safadeza;

Deus criou a moradia, o diabo criou a favela;

Deus criou a salvação, o diabo criou a forca;

Deus criou a competência, o diabo criou os pactos e coisas afins;

Deus criou a divisão igualitária, o diabo criou o capitalismo;

marx.jpg

Deus criou o sal do suor, o diabo criou o dinheiro;

Deus criou a sabedoria, o diabo criou a estupidez;

Deus criou a parcimônia, o diabo criou a ganância;

Deus criou a percepção, o diabo criou a ignorância;

artes1.jpg

Deus criou a luz, o diabo criou as trevas;

Deus criou a vagareza, o diabo criou a presa;

Deus criou a liberdade; o diabo criou a prisão;

Deus criou a música angelical, o diabo criou o samba, o funk e seus derivados;

Deus criou a semente, o diabo criou a árvore;

Deus criou a jaca, o diabo criou fondue de morango;

Deus criou a carne branca, o diabo criou a carne vermelha;

Deus criou o peso e as medidas, o diabo criou a leveza;

Deus criou o retorno, o diabo criou a ida sem volta;

Deus criou a vida; o diabo criou a morte;

Deus criou o Jardim do Éden, o diabo criou a efervescência do inferno;

arte2.jpg

Deus criou o Brasil; o diabo criou o brasileiro.

E após a implantação no Brasil do projeto de favelas, política, carnaval e futebol, o Lúcifer foi desapropriado do inferno; por outro lado, o brasileiro recebeu o título de artista.

- E tudo se resolveu no dia do Apocalipse; todavia, não sobrou um mísero filho... filho... de Deus para contar a História de sua existência.

- Óbvio que não; a putaria agora é no paraíso da Terra! Todos, a humanidade inteira está lá... amando e governança do senhor Reitor, o Diabo! Provavelmente retornem as atividades depois de quarta feira de cinzas para a malhação do Judas. Com o traidor de Cristo detonado, morto, estraçalhado e após passadas a euforia das festividades e o remorso tomando jejum na quaresma, ( o diabo volta a ser anjo) devido o consumo exagerado de carne vermelha, ou até quando o calendário altere a datação. No final das operações, à cada instante, um conflito novo entre Deus e o diabo se estabelece; isso porque, as Artes e Ideias nunca terminam entre os dois.

Embora a rivalidade não tenha fim, como apenas o diabo está conectado ao uso da internet, wi-fi, facebook, whatsapp e quinquilharias mais, ele manda lembranças e a mensagem: "As idéias de Deus no céu e as artes do diabo na Terra para todos; Amém! Já estou com saudades do carnaval e da matança deliberada nos presídios, porque corrupção, bandalheira, ladroagem, falta de honestidade e... de todos os segundos que estão infiltrados na sociedade que eu comando, não conto."

P.S.: entre Deus e o diabo, quando se tem uma ideia repentina, os escreventes que os representam, corre para vomitá-la rápido no papel, antes que o desarranjo estomacal passe. Ainda mais sabendo que, a ânsia de vômito é inspiração única e momentânea e fatalmente nunca mais ocorrerá na história da escrita.


Profeta do Arauto

Nem início e nem fim: milimetricamente, no meio. A medida exata dos covardes, indiferentes e medrosos. Família, leis e as sociedades não permitem as inconveniências dos pensantes e as rebeldias dos revolucionários. Nesses termos, igualdade sempre .
Saiba como escrever na obvious.
version 5/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //Profeta do Arauto
Site Meter