Victória Mendes

o dia em que conquistei minha liberdade

no fim das contas, só dependia de nós. dói saber disso, mas é reconfortante ao mesmo tempo! não dependemos de ninguém. criar a sua felicidade, liberdade e vida que almejas são tarefas do nosso mundo particular. colocar a postos uma tesoura e uma vassoura para fazer a limpa pode ser dolorido, mas o resultado é tão extraordinário, que vale a pena depois olhar para as cicatrizes.


pineau.jpg (Dominique Pineau, A Nous la Liberté)

Aprendi que tudo o que nos liberta está uns metros depois do nosso medo. Algumas decisões que adiamos, e adiamos, e adiamos... E adiamos; são as que mais urgem ser levadas a sério. O medo de ficar sozinho, o medo do pecado, o medo do julgamento, o medo das dificuldades: o medo. Não importa de que. Sempre pensamos nele primeiro, antes do que pode acontecer de bom depois de tomar uma decisão. É como abrir um zíper de uma capa que usamos por anos para agradar quem nos cerca e de quem temos medo de discordar; uma vez aberto esse zíper, saímos como uma libélula de dentro.

Eu me libertei! Libertei para ser quem nasci pra ser, e só Deus e eu sabemos o que é isso. Transcende todas as coisas que os homens inventaram para nos limitar e tudo aquilo que não é entendido.

5630491_Josil_arte_x__liberdade_(_gravura_).jpg (Josil, Arte x Liberdade)

Comecei a colocar no papel o quanto vale a minha vida. Quando passamos pela depressão, essa não é a tarefa fácil, só quem já passou por isso sabe. Mas minha vida vale mais do que eu posso mensurar, por si só. Tenho tantas vontades, desejos, anseios. Ainda não fiz nem 10% do quero na vida. Mas pra isso, preciso estar bem. Feliz. Livre. Então, decidi ir cortando pelo meu caminho tudo o que me impedisse de ser essas coisas e estar naquele estado que almejo tanto. Foi uma decisão mais difícil que a outra. Confirmei muitas suspeitas e decepções que já tinha. Mas a cada corte, perdia uns 100kg. E agora já sinto que posso voar de novo!

E no fim das contas, não é a igreja, nem os "irmãos", nem os "amigos", conhecidos, "parentes" ou qualquer outra coisa que vai estar por ti. É você mesmo(a), sua fé (independente de qual seja), seus pais, os amigos de verdade (aqueles que não enchem nem uma mão), e no meu caso, minha filha de 4 patas. Não espere por mais ninguém. Seja aquela pessoa que vai acender a luz quando tudo fica escuro.

Para que o dia em que conquistei a minha liberdade chegasse, EU precisei agir.

Dói saber que tudo isso só depende da gente mesmo, mas é muito mais seguro que depender de outrém.

Não deixe que nada nem ninguém te roube de você mesmo.


version 1/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Victória Mendes