Patricia Abilio

Sou culta, fajuta, sou rasa.

  • Sigillum.jpg
    Roberto Ferri – O Barroco Contemporaneo e o Tenebrismo Mitológico

    Impossível não notar o extremo realismo de suas pinturas que são predominantemente figurativas e cheias de simbolismo. Seus personagens, tanto homens como mulheres, têm que a estrutura muscular voluptuosa bem representada na beleza clássica, no estilo Miguel Ângelo, uma beleza remota dos padrões modernos.

  • lolita2.jpg
    O efeito Lolita: a sexualização das adolescentes

    No contexto social e cultural a sexualidade infantil é carregada de polêmica e a mídia é um veículo comum para discutir essa questão. Porém a forma como a sexualidade tem sido veiculada é nociva para o desenvolvimento saudável dos adolescentes, em especial as garotas. A televisão e o cinema exercem grande influência sobre a cultura e a sociedade pois refletem padrões sociais existentes.

  • snow-P01-300.jpg
    O descondicionamento da mulher na literatura infantil

    Analisando alguns textos e contos da literatura infantil, nos deparamos com uma quantidade excessiva de histórias que elegem os personagens masculinos como heróis em contrapartida os femininos como submissos, narcisistas, dotados de um cuidado excessivo pela beleza exterior e quando são representadas como rebeldes, com tendência a não se submeter são pejorativamente bruxas ou criaturas mitológicas.

  • sejamos-todos-feministas-de-chimamanda-ngozi-adichie.jpg
    Sejamos todos Feministas: Chimamanda Ngozi Adichie

    ““Feminista: uma pessoa que acredita na igualdade social, política e econômica entre os sexos”.
    Sua bisavó também era feminista quando decidiu fugir de casa e dos abusos e se casar com o homem que escolheu.
    Joana Darc, Cleopatra, Elizabeth, Frida Kahlo, Dandara dos Palmares, Maria Bonita entre outras eram todas feminista, mesmo não existindo uma definição para o termo, mulheres de seu tempo, lutaram e reivindicaram seus direitos.
    Para Chimamanda Ngozi Adichie, o melhor exemplo de feminismo que conhece é seu irmão, Kene.

  • i origins2.jpg
    O Universo do olhar: I Origins

    Viver numa sociedade contemporânea olhar nos parece cada vez mais assustador, o medo não é uma prerrogativa do nosso tempo, pois ver a realidade tal como ela é, parece assustadoramente belo. A nossa sociedade sofre uma cegueira pós moderna, negligenciamos os fatos, vivemos num mundo que perdeu a visão, a mídia difunde milhares de imagens que são vistas como uma verdade absoluta. Quando perdemos a capacidade de ver além do que podemos, criamos um distanciamento eminente, a cegueira generalizada.

  • c4b535553210b9984ebefab32d95aad4.jpg
    A História dos Vampiros: na literatura

    O vampiro é um ser lendário que tem sido temido por pessoas ao redor do mundo por muitos e muitos séculos. De acordo com a diferença geográfica e temporal a cultura do vampiro adquiriu características peculiares. Os contos, lendas, crenças, supertições de épocas e culturas distintas - (Índia, Roma, Grécia, China, Malásia, Leste Europeu, África, Mesopotâmia).

  • igbo_wiki.JPG
    O Mundo Se Despedaça: Chinua Achebe

    Um dos romances fundadores da moderna literatura nigeriana, "O mundo se despedaça" foi publicado originalmente em 1958, dois anos antes da independência da Nigéria. Seu autor, Chinua Achebe, é um dos maiores escritores africanos da atualidade.
    A história se passa em Umuófia, a aldeia mais temida da Ibolândia, terra do povo ibo, e o personagem principal é o bravo lutador Okonkwo, um dos respeitáveis patriarcas da comunidade. Mas seu mundo de repente, começa a ruir.

  • Reese Witherspoon in WILD.jpg
    Wild – Livre: a jornada de uma mulher em busca de um recomeço

    Livre é uma história mágica e inspiradora sobre perder tudo – família, dinheiro, a mãe, o marido – e sozinha encontrar seu verdadeiro espírito em meio à natureza. Recomendo que todos leiam este livro maravilhoso sobre a jornada de uma mulher em busca de si mesma.

  • p55_ropa_limpia_02.jpg
    The True Cost - A cultura do consumo: indústria da moda e o controle social

    A moda rápida(fast-fashion) pede que a produção em alta escala seja rápida e barata para vender mais e logicamente consumirem mais. Atualmente as empresas que praticam um modelo de negócios caracterizado por uma rapidez na produção e por uma disponibilidade imediata dos produtos nas lojas.O mercado global domina a economia de baixo custo para elevar os lucros de empresas americanas. Escolhem países como China,Índia entre outros, para produzirem em massa e mais barato.

  • claudioedinger7.jpg
    A História da Mentalidade: Juquery - Hospital Psiquiátrico

    O sistema capitalista vigente, potencializou os espaços urbanos e as desigualdades sociais. A cidade industrializada, transforma o espaço físico, as multidões aglomeradas, trazem doenças, perigos eminentes, caos, desordem. A medicina sanitária, trabalha nos polos urbanos, contendo as epidemias, contaminações, causadas pelo meio geográfico, moradia.

  • chapulin_598__.jpg
    A desconstrução imagética e pitoresca de Fab Ciraolo

    O artista cria uma estética que definitivamente evidencia sua marca, simbólica e identitária, revelando obras que melhoram cada vez mais sem perder a graça e força. Com fundos marcados pelo estilo vitoriano com florais, galáxias as figuras da arte e pop, ambientadas no universo rock n' roll de Ciraolo, uma combinação ousada e fantasiosa.

  • hot.jpg
    Hot Girls Wanted – Documentário
    O documentário "Hot Gilrs Wanted" aborda a questão da pornografia amadora de forma irreverente e crítica, porém superficial. O sites pornôs tem mais acesso juntos que Netflix, Twitter e Amazon. Ao fazer uma pesquisa simples é possível ...
  • ASTERION 2011.jpg
    A Arte Surreal e Visceral de Ray Caesar: O corpo feminino híbrido

    Ray Caesar foi influenciado por anos de trabalho no departamento da ala infantil de um hospital em Toronto. Tal influência denominou seu estilo característico, Surrealismo Pop. E nos surpreende com temáticas ousadas e sombrias da infância à puberdade feminina. Suas personagens, sempre melancólicas, nos remetem a outras épocas, até mesmo ao mundo imaginário dos sonhos, mas está longe de ser um conto de fadas com um final feliz.

  • o_homem_duplicado.jpg
    Comparativo entre o filme e o livro: O Homem Duplicado

    Tertuliano Máximo Afonso, é um pacato professor de História, em meio a uma depressão,pois acabou de separa-se, sem grandes expectativas na vida, que mora sozinho em seu apartamento. É um sujeito melancólico, devido a rotina do trabalho, aceita a sugestão de um colega, professor de matemática e decide ir alugar uma fita de vídeo na locadora. A partir de então são desencadeadas as problemáticas do livro. Ao assistir o filme " Quem porfia Mata e Caça", Tertuliano, nota que um dos personagens secundários do filme é sua cópia e decide ir atrás do ator.