o infinito é logo ali...

Escrever é como sonhar desperta...

Thiana Furtado

Escritora por paixão, aventureira por conexão, e admiradora de tudo que nos remeta a uma possível felicidade...
Insisto em acreditar na bondade que habita dentro de cada pessoa.
Acompanhem-me em minha página:
(https://www.facebook.com/amantesfecundosdotempo/)

A falta de sensibilidade nas redes, através dos contextos sociais

Estamos vivendo um momento conturbado em diversos segmentos da atualidade.
Agressões verbais, terminam por desqualificar pessoas que, não tem o devido e necessário cuidado em relacionar-se com seus semelhantes.
Seria realmente necessário ferir, sem que exista algum motivo aparente que justifique tais atitudes maliciosas?


20150831094608-660-4201479231166.jpg

É realmente complicada a falta amabilidade na forma de abordar o universo do outro, onde tenho notado que agredir é a forma que permeia o relacionar-se, em alguns contextos sociais. Tenho visto, em algumas páginas de crônicas, onde alguns leitores agridem, de forma desrespeitosa, alguns colegas escritores espalhados pelas redes sociais em conjuntura.

É um tal de criticar, de desdenhar, de agredir pretensiosamente que sinto-me muitas vezes, ferida por tabela, mesmo que a desqualificação não seja direcionada a minha pessoa.

Concordo que, as pessoas devem manifestar suas opiniões e, muitas vezes, indignação quando algo desagrade a si próprio. Mas me pergunto, qual seria a verdadeira intenção de uma pessoa que não tem o menor cuidado em ser gentil e generoso ao tocar o universo do outro?

Será que essas pessoas agem dessa forma com os seus vínculos grupais? Ou será que são pessoas reprimidas que fingem na frente de terceiros e derramam seu veneno nas redes, muito provavelmente porque são oprimidas em seus trabalhos ou em seus lares? Sei que, como disse sabiamente Renato Russo: “Todos tem suas próprias razões”, mas não existe razão que justifique uma atitude maldosa.

É desagradável termos que nos deparar com essas situações que amargam um pouco o nosso dia, onde muitas vezes não é fácil lidarmos com isso e, fico me perguntando, qual seria a verdadeira intenção de uma pessoa em espalhar o fel pela internet, uma vez que as cortinas estão todas escancaradas...

Será que necessitam de aplausos?

Mais desgastante ainda, é adentrar-se em algumas páginas, quando o assunto é política e você, por desventura, observa muitas vezes, calado, a desqualificação chula de vocabulários que interferem no bem-estar de muitos que entraram ali, por algum descuido descuidado.

As pessoas precisam se conscientizar que estamos vivendo em um mundo que encontra-se beirando o caos e que a ponta do iceberg é justamente onde essas pessoas podem descuidosamente derrapar em seus próprios despreparos nos percalços que dispenderam aos demais.

Sabemos que, tudo neste mundo funciona na base de energia, tudo que proliferamos, por certo, terá uma enorme influência negativa, contaminando a atmosfera que perfaz o conjunto de uma obra inteira. Saibamos ocupar prudentemente o lugar que nos foi fornecido, para que possamos cumprir com nossas obrigações societárias sadiamente.

É preciso sim, que alguém escancare essa janela, onde muitos se escondem, depois de jogar o famoso balde de água fria em pessoas inocentes. É preciso que falemos abertamente sobre esse agravante que assola o momento presente e isso nos trará a sensação de que precisamos nos unir, se quisermos vencer essa grande batalha, que é a vida.

Que possamos refletir sobre tudo isso, e agirmos com mais cautela, cada vez que nosso ímpeto for maldizer o nosso semelhante, seja ele quem for, seja em nossa casa, na web, ou em nosso trabalho. As proporções sempre serão de desarmonia e sempre atingirão o quadro em sua totalidade.

Reflitamos e sigamos em linha reta, sem nos esquecer que juntos seguiremos seguros e firmes, nessas estradas da vida, que sempre nos impulsionará rumo a minha, a sua e a edificante evolução de nosso semelhante…

Sejamos sempre cautelosos ao trocarmos experiências com o universo do outro. Saibamos ser luz, quando a escuridão não conseguir mais nortear os nossos princípios.


Thiana Furtado

Escritora por paixão, aventureira por conexão, e admiradora de tudo que nos remeta a uma possível felicidade... Insisto em acreditar na bondade que habita dentro de cada pessoa. Acompanhem-me em minha página: (https://www.facebook.com/amantesfecundosdotempo/).
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Thiana Furtado
Site Meter